Total de visualizações de página

quarta-feira, 15 de março de 2017

Segredos da Vida Serena: Buscando a Paz e Tranquilidade e Evitando os Atalhos



Bom dia Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Ontem não teve postagem, realmente ontem estava sem paciência para escrever, e sem tempo, pois optei por dormir mais ontem (estava precisando).

Aprovei um comentário de um anônimo interessante: Eu sou o “Super VDC”.

Ledo engano ...

Não que isto aqui seja como um Facebook, onde as pessoas só apresentam os momentos bons, simulando ter uma vida de extrema alegria e felicidade.

Na verdade a fase que eu vivo que é boa mesmo: Atingi um dígito a mais, minha renda passiva já cobre mais de 3 vezes ou mais meu custo de vida, não moro de aluguel, estou progredindo na carreira, minha vida pessoal eu tenho mais alegrias do que tristezas.

Claro que não é todo dia que estou na maior alegria, eu tenho algumas fases ruins, fico P*&%¨% da vida, como na última sexta-feira por atritos na empresa com dois gerentes europeus, mas eu venho aplicando uma metodologia bem simples na minha vida: Tranquilidade. Paciência. Evitar conflitos. Buscar paz.

É por este motivo que eu continuo tranquilo no meu atual emprego: Eu não preciso buscar recolocação, não preciso buscar empresa para ganhar mais, simplesmente pois eu estou feliz onde estou e todo o tempo que empreguei me dedicando à empresa agora esta se convertendo em pequenos aumentos salariais e a preparação para assumir um cargo maior.

Eu não tenho interesse algum de parar de trabalhar, não agora, e continuarei levando a minha vida do mesmo jeito, só que agora eu tenho uma preocupação a menos pra tirar meu sono: Finanças.

Eu não quero perder meu tempo procurando empresas abaixo do preço, FIIs que vão reduzir o valor da cotação ou que vão aumentar, eu quero é tranquilidade.


Mensalmente, vou lá, pego o dinheiro parado na corretora, aplico algum dinheiro novo, compro o que der na minha cabeça, e pronto.

Estou muito, mas muito longe ainda de me sentir livre financeiramente e chutar o balde pra viver de renda, viajando, mas penso que o primeiro passo antes da Independência Financeira é justamente a Tranquilidade Financeira, e mesmo com 30 anos, sendo normal (quem me dera se eu fosse um gênio em alguma coisa), cheguei neste patamar.



Eu poderia voltar a Corrida dos Ratos, seria até bem simples: Poderia trocar meu atual imóvel por uma cobertura, pagando à vista ou financiando, e voltaria a depender do Salário, mas mantendo o dinheiro da Construção separado para as novas obras.

Ou chutar o balde de vez, contar que terei um Salário alto se for promovido a gerente (um dia) e viver uma vida de rei, em cobertura, viajando ao exterior uma ou duas vezes ao ano, tendo uma SUV na garagem ...

Mas, não vou fazer isto. Vou continuar do mesmo jeito, pois eu já consigo ser feliz sendo simples, eu não preciso aumentar meu consumo ou status para ser mais feliz ainda, e é isto que deixa algumas pessoas com raiva, mas isto é a raiz da liberdade: Ser feliz com o que você tem.

Eu pretendo ter filhos também, logo, é evidente que meu custo de vida aumentará, duplicará pelo menos, mas eu ainda tenho tempo para continuar batalhar para aumentar meu aporte, e em consequência a minha renda passiva.

Eu não sigo os conceitos pregados nos em alguns blogs que dizem que devemos ser solteiros, sem filhos, abandonar a família. Esta tudo errado isto, e pior que muitos seguem, ficam cegos ao ler o que a média diz.

Eu faço o que eu quero ... Ninguém me obriga a nada, eu penso com a minha cabeça e sei o que é bom pra mim.

Você deve fazer o que te faz feliz.

Dinheiro não pode ser o que move a sua vida!



Eu não consegui o pouco que tenho (que pra mim na verdade é muito), ficando trancado num quarto e deixando de viver, pensando no futuro.

Equilíbrio!

Eu sempre optei por passeios simples.

Eu sou uma pessoa que gosta de comer pastel de carne com suco no centro de uma grande cidade.

Eu sou uma pessoa que prefere pagar a entrada pra ficar numa lagoa ou cachoeira do que pagar a mesma quantia para entrar numa balada ou restaurante.

Eu sou uma pessoa que não precisa andar de SUV ou Hilux para se sentir feliz.

Seria bom? Claro! Mas eu preciso? Não.

Melhorei um pouco meu padrão de vida, comprei um veículo melhor, e tem valido muito a pena. Eu me dei este luxo, afinal, trabalho muito.

Do que adiantaria ter 3 Milhões, longe da família, tendo que pagar mulheres da vida para satisfazer os desejos carnais! Isto pra mim é a maior humilhação do mundo, um homem ter que pagar, eu direi em caixa alta novamente, PAGAR, para ter uma mulher.

Isto são atalhos ... Atalhos sempre terminam mal.

Atalho para enriquecer na bolsa, os famosos trades, levam a falência.

Atalho para colocar todo o dinheiro num investimento único, que leva a falência.

Atalho para ganhar mais dinheiro do que trabalhando: Vender drogas. Esquemas ilícitos. Pirâmides financeiras. Cadeia. Perda da liberdade. Sua vida no fundo do poço.



Doenças ... Aids, gonorreia, e outras coisas que nem sei.

Eu sempre falo que precisamos de tempo para tudo.

Não consegue falar com uma mulher? Vá treinar, arrisque, tente. Para todo chinelo velho tem um pé cansado.

Para com isto de atalho meu filho, acorda pra vida!

Acha seu trabalho uma porcaria? Tempo e planejamento. Mude. Estude. Faça um curso.

Não tem dinheiro pra comprar algo necessário a sua vida? Tempo. Junte o dinheiro.

Outra coisa: Bebida não é pra fugir dos problemas.

Vai fazer o que quando os problemas se tornarem maiores? Droga? Maconha? Crack (pra se tornar mais um zumbi do The Walking Dead Brasil)?

Ah eu desanimo tem hora, parece que eu sou todo errado, mas não entendo como tantas pessoas tem o prazer de seguir os derrotados, mal exemplos, pessoas destruidoras.

Voltando a parte Financeira ...

Voltei a aportar hoje, e na verdade eu falaria sobre, mas fica para o próximo post.

Um abraço e até a próxima postagem.

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

28 comentários:

  1. Tirando a parte de pagar por sexo, concordo com tudo. Não vejo problema nisso (embora eu nunca tenha feito). Vai dizer que você também não gasta dinheiro para namorar? Sempre gastamos dinheiro com mulher, seja GP, peguete, namorada ou esposa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Micro,

      Gastar, gasta, mas com Tinder e a facilidade dos tempos atuais não faz sentido algum pra quem é cuida.

      Abraco

      Excluir
    2. Tem como ter uma mulher sem pagar? rs

      Excluir
    3. Tem sentido se você quer só sexo. Vai lá, paga, transa com uma gostosa que você escolheu e tchau. Dificilmente você teria tanto facilidade e qualidade em uma noitada em que você busca apenas sexo, mas entendi o seu ponto.

      Abraço!

      Excluir
    4. Ainda escrevi errado, "pra quem se cuida" eu quis dizer rs.

      Não tem certo ou errado, apenas visões distintas do assunto.

      Abraço

      Excluir
  2. Querer ficar rico é um pensamento muito bom, ele inspira o homem a fazer Venda Coberta para ganhar mais dinheiro todo mês.

    No entanto, querer ter filho traz despesas, problemas, gordura para a mãe, falta de sexo, sono ruim, bebê chorão, mensalidade escolar.Criança traz muitos problemas e muitos gastos. Rsss

    Mas ter filho pode piorar, pois ele pode virar um EMO LGBTTTTTS que fica bebendo vinho no cemitério e usando alargador de orelha. Ou pode-se ter uma filha rebelede feminista maluca que faz xixi em público na universidade.

    Tenho mais medo de filhos do que de fazer Venda Coberta de opções, a maravilha da bolsa.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Anon,

      Conheço só o básico de venda coberta pra ser sincero, até por que não me interesso tanto por ações. Concordo que pra quem sabe operar vale sisim usar este artifício,o Bastter fala bem disto.

      Você ja viu as famosas da Globo que tem filho? Se todas continuam com corpo esbelto, por que no nosso mundo as mães são vistas como fora de forma?

      A sexualidade não podemos escolher, mas a estatística está a nosso favor para termos filhos heterossexuais.

      Sobre outros pontos tudo depende da criação.

      Um filho que nasce em bom berço com pais presentes dificilmente vai por estes rumos.

      Filho é algo pessoal, não digo que estou certo em querer te-Los e nem que seja errado não ter, mas, eu prefiro formar a minha família e ter meu herdeiro (a).

      Abraço

      Excluir
  3. Quando mais estudamos finanças, mas apegados ao dinheiro ficamos. é um vício. Pelo menos comigo é assim.

    temos que nos policiar demais para não virarmos exageradamente mesquinhos !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MP,

      Contrário: Quando mais estuda, mais você deve aportar em bons ativos, esquecer preço e focar no seu trabalho e familia, e esportes tambem. Preguiça de apagar o E a mais.

      Aporte, mas com equilibrio.

      Abraço

      Excluir
  4. Rapaz, os homens INTELIGENTES pagam para as mulheres irem embora depois do sexo.Rsss. Mulheres com corpo perfeito e habilidades eróticas em nível de Pós -Doutorado em sexo radical são raras. Por isso os homens de bem,ricos inteligentes, Executivos, Cantores famosos, jogadores de futebol e outros pagam para poder ter mulheres competentes.

    De outro lado, alguns pobres burros reclamam da vida, e se acham conquistadores por pegarem barangas "grátis".

    Há também a questão de proteção de patrimônio, pois um homem com 3M tem medo de casar e ganhar o golpe da barriga, perdendo metade dos bens e ainda sendo condenado a pagar pensão eternamente. Olhando dessa maneira,as gp's, grandes sacerdotisas do coito, são opções de proteção do dinheiro.

    Pagar por vaginas, no caso do investidor, é inteligência.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Anon,

      São pontos de vista divergentes. Pra ser sincero a parte mais emocionante é justamente o que antecede o sexo em si, a conquista.

      O sexo é a consequência.

      Mas, não é errado quem aprecia as mulheres da vida ...

      Abraço

      Excluir
  5. Existe uma reportagem da TV Record Minas de uma mãe que tem dois filhos TRAVESTIS. Ela até gosta dos dois, mas e o pai tem orgulho desses filhos?

    Muito homem tem medo de ter um filho travesti nifomaníaco radical. Ter filho é arriscar saber que ele pode sentar na boneca aos 15 anos e depois ficar viciado em levar fungada de macho no cangote.

    Acho mais barato namorar e não ter filhos. Assim posso aportar mais forte todos os meses.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon,

      É o risco que se corre.

      Mas, estatisticamente falando, eu não conheço nenhuma familia que tem travestis.

      É dificil aceitar, principalmente o pai, mas, faz parte.

      Mas, se a familia for estruturada, a formação dos filhos tende a ser boa.

      A medida que você for envelhecendo entenderá o sentimento de ter familia, pois eu mais jovem tambem nao pensava em filhos rs.

      Abraço

      Excluir
  6. "Eu não sigo os conceitos pregados nos em alguns blogs que dizem que devemos ser solteiros, sem filhos, abandonar a família. Esta tudo errado isto, e pior que muitos seguem, ficam cegos ao ler o que a média diz."
    As pessoas que adotam esse tipo de pensamento com certeza vivem em famílias desestruturadas, por isso não conseguem ver "utilidade" nas relações familiares (com coisa que amizades são garantias de algo melhor). Na realidade, as amizades são muito mais frágeis do que a família, visto que, por mais amigo que vc seja de alguém, vc não poderá mudar a sua vida por causa dela. Exemplo simples: seu amigo preciso de alguém para cuidar dele por 5 dias, durante 24 horas. Quero ver o amigão que vai deixar o trampo para ficar dando banho no amigão doente. Já na família é bem, mas bem mais fácil de conseguir a companhia.

    Mas como disse, tento entender o pensamento dos que defendem essas idéias, porque essas pessoas provavelmente não tiveram bons exemplos de vida no seio familiar.

    Posso falar por mim, que a minha família (incluo pais, irmãos, esposa, filhos e sobrinhos) é o centro de tudo. Não consigo enxergar nenhum membro querendo derrubar o outro. A vitória de um é celebrada por todos.

    Não há lógica em se torcer contra um membro da família. A vitória de um com certeza refletirá na vida de todos, além de fortalecer o seio familiar. Exemplo: um membro se forma em medicina. Toda a família se beneficiará, visto que terá um médico na família para orientações preliminares, até mesmo para se saber qual especialidade procurar.
    Um membro se torna policial, a família será beneficiada ao ter um soldado, capitão etc no seio familiar.
    E por aí vai.

    Lógico que já tive brigas na minha família, já briguei (discussão) com meu pai, com irmã etc, mas ninguém fica de malzinho do outro, desejando que o mesmo vá para o inferno etc.

    Outro problema comum hoje são os casamentos de jovens que definitivamente não estão preparados para casar. Com certeza vai dar merda. O casal casa sem estrutura alguma para se manter. O que vai acontecer? divórcio.
    Meus pais ensinaram que só devemos casar no dia em que vc tiver condições de ter na sua casa tudo que vc tinha/tem na casa dos seus pais. Caso contrário, provavelmente vai dar errado.

    Todos na minha casa só casaram assim. Todos após 30 anos de vida. Eu já tenho 18 anos de casados e ensino a mesma coisa para os meus fihos.

    Enfim, para mim família é tudo.

    Abração!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que mundo você vive kkkk família assim é coisa rara o que mais tem dentro de famílias, incluindo irmãos primos , é competição para ver quem tem emprego, melhor carro melhor , apartamento quem já viajou mais e ai por diante .logico que na maiorias das vezes a competição é interna , ai a família se une contra os de “fora”...

      Excluir
    2. O Soldado falou uma grande verdade. Família é campo de batalha, é treinamento para guerra. Vemos mortes por causa de heranças, vemos dinheiro estimular irmão quebrar maxilar de irmão, vide Abílio Diniz que ganhou uma porrada do irmão no jogo de pólo.

      Famílias perfeitinhas só tv. Lá é o faz de conta. No mundo real vemos pais tarados que só pensam em amantes, mães gordas que odeiam os chifres do marido, mas fazem sexo e obedecem por conta de grana. Filhas lésbicas estudantes de ciências humanas ou marmitas de pleibas. Filhos bichonas radicais de corte de cabelo esquisito, ou fracassados viciados em videogames.

      Quando os pais morrem, os irmãos lutam até a morte por todo dinheiro da herança.

      Pra que ter filhos que vão atrapalhar minha if???

      Excluir
    3. Talvez eu tenha tido sorte, cresci numa estrutura muito boa, mesmo sendo classe média baixa.

      Família do interior, que veio pra cidade grande.

      Excelente comentário, nem tenho o que adicionar.

      Boa discussão.

      Abraço

      Excluir
  7. Olá VDC,

    Concordo em partes... Mas sem polêmica, apenas tenho outra forma de pensar.

    Realmente, equilíbrio é a chave para vivermos uma vida feliz. Acho que devemos nos dar o mínimo de comodidade e conforto para que possamos continuar firmes na caminhada, por exemplo: um carro melhor, um lugar legal e digno para se viver, saídas baratas aos finais de semana para desestressar... ou seja coisas, que não comprometam nossas finanças, visto que devemos sempre buscar construir um patrimônio para o futuro.

    Sobre GPs penso que há pessoas que prefiram ter experiências diferentes com mulheres diferentes a ter sempre a mesma mulher. E não vejo mal nenhum nisto, desde que seja feito de forma segura. Já tive a experiência e não me arrependo!

    Filhos não estão nos meus planos por não gostar de crianças e vê-los apenas como um gasto, claro que posso mudar de opinião com o passar do tempo, afinal estamos em constante mudança.

    Também acho que bebidas não são para fugir dos problemas, mas sim para apreciar com os amigos, assistir futebol, um vinho com uma boa companhia...

    Continue com seus posts são uma inspiração pra mim.

    Abraço,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala PC,

      Não tem certo ou errado mesmo não, apenas pontos de vista distintos.

      Pense comigo: Do que valerá juntar uma enorme quantia, morrer, e deixar por ai? Eu quero deixar para os meus filhos, pra eles já começarem vários degraus a frente do que eu comecei.

      Grato amigo, continuarei sim, se Deus quiser.

      Abraço

      Excluir
  8. É incrível a forma como as mulheres são categorizadas.
    Fico assustada ao ler certas coisas.
    Sempre batalhei pelo meu, para jamais depender de homem algum.
    Lembro-me, certa vez, de quando disse a um ex que eu, sinceramente, não gostava de presentes mas sim de atitudes, pois elas revelam muito mais a nossa essência.

    Claro que os comentários devem ter referência generalizada.
    Mas não se esqueçam garotos: existem as exceções. Vide a esposa do amigo Executivo Pobre, onde a mesma pediu separação TOTAL de bens antes de casarem.
    Não generalizem todas em um potinho....

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. no meu serviço todas as mulheres ganham mais que seus maridos. Será que eles pediram separação total de bens?
      kkkkkkkkkkk

      Excluir
    2. Como diria biquine cavadão aqui embaixo as leis são diferentes, já vi tanta coisa nesse mundo que não acredito mais nessa inocência , mulher exceção não vem pro andar debaixo só respeita quem tem poder ...

      Excluir
    3. Na Classe média alta existe o interesse da mulher em pedir separação total de bens. Isso é lógico e justo. Sinal de bons estudos em colégios caros.


      Já a classe pobre costuma ter um comportamento diferente. Em muitas periferias do Brasil, as dolescentes começam a "trabalhar" sendo amantes de "Coroas", velhos que usam o dinheiro para se divertir. As mulheres mais pobres têm mais incentivos a querer casar por interesse e por querer comunhão total de bens.

      Por isso, é altamente recomendável aos futuros milionários que só façam sexo completo com moças pobres após a vasectomia. Antes dela só valem as preliminares.

      Excluir
    4. Anon,

      Isto ocorre devido ao fato de acharem que "separação de bens" significa que o casamento não dará certo, o que é pura mentira.

      Há casais que crescem juntos, mas se o homem e mulher se sustentam com seus trabalhos, um irá usufruir do capital do outro, mesmo havendo separação de bens.

      Abraço

      Excluir
  9. Boa noite VdC, gostaria de saber sua opinião sobre o seguinte tema:

    Se tivesse um BOM capital, sei lá, 500k, 800k ou 1kk, que seja, um valor legal.

    Você preferiria investir esse valor no mercado financeiro ou investir em um empresa própria? Abrir uma franquia?

    Me pega pensando nisso constantemente e gostaria de saber tua opinião, aproveito para convidar os amigos dos comentários para opinar sobre.

    Grato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CAra, ter empresa para se estressar com funcionário preguiçoso, com fiscal, com contador como ocorre com o Corey é pra quem não sabe escolher fiis e ações.

      Por menos de 40% anuais de retorno sobre o patrimônio líquido, acho melhor ficar na bolsa.

      No caso de empresa própria, temos de lembrar o risco de ser assaltado, extorquido, ser processado

      Excluir
    2. Fala Anon e Anon II,

      Depende do que você gosta Anon.

      Pra ser franqueado, tem que ter perfil.

      Se quiser abrir negócio, vai trabalhar 12, 14 horas por dia se quiser ser bem sucedido, pelo menos no início.

      Se quiser investir em renda variável, terá estômago pra ver o dinheiro indo embora.

      Depende muito do que você quer pra vida.

      1KK bem aplicado já gerariam em renda fixa pelo menos 8K reais mês.

      Conciliando com um trabalho CLT, pense no tamanho da sua renda e aporte mensais.

      Eu invisto em obras pois eu gosto mesmo, e tenho ajuda do meu pai que era construtor também, mas sem isto eu optaria por ser CLT como sou hoje e aplicar o dinheiro em RF mesmo.

      O que o Anon acima disse é verdade: As leis trabalhistas estão a favor do funcionário.

      Um problema com funcionário e você pode perder muito dinheiro, mesmo fazendo o certo, seguindo a lei, ainda pode dar problema.

      Pense numa reflexão interna mesmo e veja o que mais te deixaria feliz e tranquilo, e siga sua ideia.

      Abraço

      Excluir
    3. Na verdade eu fiz alguns cálculos e notei que algumas empresas, dependendo da lucratividade e rentabilidade são melhores que investimentos em ativos financeiros, exemplo:

      China in Box

      Investimento inicial (com taxa de franquia): R$ 540 mil a 730 mil
      Prazo de retorno: 60 meses
      Faturamento médio mensal: R$ 150 mil
      Lucratividade: 10%

      Cálculo
      ROI: 2,05%
      Considerando que o valor da empresa se mantenha em 730k após o investimento, sem considerar depreciação, etc.
      Valor da empresa após 60 meses: R$ 2.466.626,56
      Valor gerado s/ considerar o investimento inicial: R$ 1.736.626,56
      Se aplicado em algum ativo financeiro a um taxa de 1,25%, após 60 meses: R$ 1.538.242,38


      Havaianas

      Investimento inicial (com taxa de franquia): A partir de R$ 300 mil
      Prazo de retorno: A partir de 20 meses 
      Faturamento médio mensal: R$ 100 mil
      Lucratividade: A partir de 12% 

      Cálculo
      ROI: 4%
      Considerando que o valor da empresa se mantenha em 300k após o investimento, sem considerar depreciação, etc.
      Valor da empresa após 20 meses: R$ 458.777,14
      Valor gerado s/ considerar o investimento inicial: R$ 158.777,14
      Se aplicado em algum ativo financeiro a um taxa de 1,25%, após 20 meses: R$ 84.611,17

      O ponto que quero frisar é, sou um cara totalmente preocupado com Liquidez, dinheiro investido em empresa é dinheiro parado, já dinheiro em ativos financeiros posso zerar a posição a qualquer momento, porém, até que ponto o fato de ter liquidez se sobrepõe ao fato da rentabilidade mensal/anual.

      Fico nesse dilema.

      Enfim, espero não ter me alongado.

      Grato.

      Excluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares