Total de visualizações de página

sexta-feira, 3 de novembro de 2017

A Hora de Colocar o Milhão à Prova: Arriscando meu Emprego

.
.

Bom dia Senhores do Milhão. A Luta Continua!

É estranho nesta altura do campeonato, com a crise que estamos vivendo, alguém com um Salário relativamente bom (comparado à maioria dos Brasileiros sem estudo) pensar em simplesmente desistir de tudo, sair, ser livre, ficar atoa por uns meses, como eu venho pensando, pode parecer uma loucura. E realmente acredito que é.

Acontece que a cada dia eu tenho menos paciência para o Trabalho, para ser sincero.

Ainda sabendo que não estou Livre Financeiramente, mas sabendo que conto com a Tranquilidade Financeira, estou a cada menos dia propenso a me sentir humilhado, com tarefas com prazos cada dia mais apertados, uma pressão absurda, pessoas psicopatas que só pensam em Carreira, principalmente as de outros países.

Eu estou cansado.

Cansado de acordar às 06:30 da manhã, atualizar os e-mails e já chover cobranças dos Europeus, que trabalham com fuso horário a frente.

.
.

Cansado de antes de dormir atualizar os e-mails e já chover cobranças e pedidos de reuniões dos Americanos, que estão com fuso horário atrás.

Cansado dos e-mails dos asiáticos que chegam a qualquer hora.

Eu sou o “master blaster mega hiper” responsável por um grande projeto global da companhia, tenho uma importância ímpar, uma oportunidade de ouro, meu nome é conhecido nos países X, Y, Z e bla bla bla.

Infelizmente eu não pago as minhas contas e nem posso Aportar mais devido a esta citada importância.

Ainda imagino a cena: “Ligo para a corretora e digo: Aqui, eu depositei R$ 5.000,00 para fazer umas compras de Ações, mas como tenho o cargo “master blaster mega hiper” gostaria que fosse acrescentado mais R$ 2.000,00 líquidos aí”.

É, infelizmente não funciona assim, mas a minha empresa e gestores devem pensar que funciona assim.

O que nos motiva no Trabalho não é destaque e nem nada, eu estaria muito mais motivado atendendo telefones como telemarketing se ganhasse o triplo do que ganho atualmente.

É o dinheiro que traz motivação. Nós vendemos nosso tempo por Dinheiro.

Reconhecimento é dinheiro no bolso!

Eu já fui muito feliz com meu Trabalho, pois eu sempre tive a expectativa de que eu teria aumentos, ou seja, receberia mais dinheiro para executar a cada dia tarefas mais interessantes, e quem sabe ter a oportunidade de fazer menos mais, sendo um Gerente.

Não, não terei esta chance, tem muitos antes de mim na fila, os puxa-sacos, os caras que vão no churrasquinho de final de semana com os chefes, que convidam para as festinhas no sítio, e aqueles que se unem para crescer juntos.

Aí no meio disto tudo aqui tem um idiota (VDC) que acha que “com muito empenho e esforço, entregando valor à empresa, trabalhando sem ganhar horas extras, sábados e domingos, viajando pela empresa perdendo feriados eu hei de ser valorizado e receber uma promoção”.


 Realmente, é de uma ingenuidade ímpar.

Já fui enganado várias vezes, dizendo que seria promovido, que era questão de tempo.

Quando eu entregava um super trabalho digno de notas, diziam: “Agora é só entregar mais este aqui e você será promovido, agora vai mesmo, impossível não ser promovido se entregar isto e isto”.

Que nada ...

Resultado: Anos trabalhando como um condenado, para ver outros colegas que fazem MUITO MENOS serem promovidos.

Eu não sabia que o que eu fazia era errado, ou seja, ser um burro de carga como eu, que trabalha nos bastidores, não adianta NADA.

E agora eu resolvi mudar isto e estou questionando várias coisas, como:

Se eu ganho menos que meus colegas e estou a um nível abaixo, por que eu gerencio projetos mais complexos e desafiadores da área?

Onde esta a promoção que foi prometida?

Estou num ciclo vicioso, onde a cada entrega surge uma nova coisa para entregar, assim ficam me enrolando e ganhando tempo, e eu vou lá feito um idiota entregando as coisas com excelência, sendo escalado para os piores projetos, enquanto meus colegas que brilham pegam os projetos mais simples, mais fáceis e ainda tem tempo de criar apresentações mirabolantes sobre como o trabalho deles é incrível.

Surgiram agora com uma reuniãozinha mequetrefe que reúne várias pessoas e ficam colando papeizinhos. É isto o futuro, quem faz isto é super mega blaster descolado, merece ter um cargo maior e salário maior pois realmente é uma coisa impressionante você reunir várias pessoas, reunir ideias colando papeizinhos na parede e tirar fotos enviando no grupo de trabalho e e-mail. Estes são os trabalhos dignos de nota e aplausos.

Agora, o trabalho de um imbecil (VDC) que fica trabalhando de casa, nos feriados para conseguir entregar as coisas no tempo: Não fez mais que a sua obrigação.

Eu cansei.

Sério mesmo, eu cansei.

Tenho que aproveitar agora para dar uma guinada na minha vida. Graças a Deus a parte financeira vai super bem, e este é meu reforço para saber que uma demissão agora pelo menos vai me ajudar numa coisa: Buscar a felicidade.

Todos nós buscamos a felicidade.

Quem fica juntando dinheiro pra buscar a Independência Financeira no final das coisas que ser feliz.

Quem busca blogs para falar sobre mulheres no final das contas busca ser feliz.

Quem busca blogs para malhar e ficar musculoso no final das contas busca ser feliz.

Somos todos pessoas em busca da felicidade, e cada um segue um caminho em busca da felicidade.

E eu não vou colorir mais as palavras deste texto pois estou cansado, enquanto escrevo esta choradeira.

O que eu venho fazendo e talvez muitos não perceberam (acho que nem eu) é estruturar meus investimentos de forma que eu tenha cobertura (backup / suporte) para ficar desempregado, e buscar outras coisas (não sei se será um novo emprego).

Se em algum momento da vida eu precisei não perder dinheiro, este momento é agora.

Há grandes chances que eu nem venda meu apartamento novo adquirido em leilão e simplesmente alugue. Quero retorno menor, mas quero proteção financeira, suporte, renda extra.

Se eu fizer as coisas certinho, sem desespero e sem muitos riscos, acredito que poderei ter algo muito próximo ao meu salário atual líquido proveniente de rendas extras.

Isto me permitirá aportar (mesmo que pouco) e ainda usufruir do capital pra viver. Aportar mesmo que sejam 2K é prioridade.

Não tenho filhos.

.
.
Minha família trabalha.

Não moro de aluguel.

Tenho supostos 1M de Patrimônio, grande parte imobilizada, incluindo o imóvel (meu) onde moro.

Chegou a hora este colocar 1M e toda a Tranquilidade Financeira à prova.


Chega de sofrer, de ser humilhado no meu Trabalho.

Tiveram a cara de pau de me dizer que não fui promovido (há uns 6 meses atrás) por que estávamos numa crise financeira gravíssima e que precisávamos cortar custos, até tivemos muitas demissões.

4 meses após ... Chefes sendo promovidos. Pessoas da panela dos chefes sendo promovidos.

Pessoas RUINS DE SERVIÇO sendo contratadas, eram terceiras e entraram no time COM NÍVEL ACIMA DO MEU. GANHANDO MAIS DO QUE EU!

Isto pra mim foi a gota d’água.

SANTO DE CASA NÃO FAZ MILAGRE”, sempre me lembro desta frase do Executivo Pobre, amigo e blogueiro que me ajuda muito nestas partes de Carreira.

A única coisa que me desanima, é o conselho de outro cara super experiente e que realmente é bom no que faz: Mestre dos Dividendos.

Segundo ele, eu deveria ir empurrando com a barriga e aportando, e em mais alguns poucos anos serei livre.

Tive que pausar a escrita ... A porra de um e-mail no meu celular enchendo o saco.

Um cara que ganha MUITO MAIS que eu pedindo a minha ajuda.

Já vou responder que não vou ajudar, copiando meu chefe.

É praticamente um plano “FGTS do Pobretão”.

Pedi muitos conselhos ao meu pai antes de mudar a minha postura.

Obter a aprovação dele para fazer o que estou fazendo foi de suma importância.

Deve ser triste ver que seu filho trabalha tanto e vem sendo feito de bobo por meses, anos talvez.

Ninguém nesta Blogosfera me valoriza, mas fazer o montante que eu fiz, ganhando o que eu ganho, foi digno de nota.

Por quantos anos eu aportava milão, 2 mil, 3 mil no auge ...

Eu praticamente tive aportes similares ao do Pobretão, só que eu investi em Construções, em lotes, fiz renda extra com Projetos Digitais e outros.

Felizmente eu não fiquei aportando em Ações. Não teria mais do que R$ 200.000,00, com certeza, pois sou péssimo em Ações. Estaria lotado de Usiminas, Vale, CSN, Gerdau e outras tranqueiras.

Tenho citado mais o Pobretão pois nestes dias eu li e reli vários posts dele sobre o “Plano FGTS”.

Digo a mesma coisa: É muito difícil para quem foi disciplinado como eu a sempre dar o máximo pela empresa, simplesmente ligar o botão do f**&¨e começar a ser displicente e a responder de forma não política, ou seja, deixando bem clara a minha insatisfação e o desejo de deixar a empresa.

A minha empresa não vai ser legal e falar “Ah VDC, arrumou emprego novo? Que bom. Vamos te demitir e pagar tudo certinho tá, assim você inicia lá com tranquilidade no novo emprego?”.

Eu não posso simplesmente pedir pra sair, perdendo todos os meus direitos.

Se eu arrumar outro emprego, eu teria que sair e perder tudo, e é uma grana considerável, que já considero para comprar Fundos Imobiliários para gerar mais renda para me dar suporte financeiro nesta fase sem emprego.

Somente após poderei pensar numa recolocação, ou quem sabe empreender de vez ... Sei lá.

Tendo tempo, talvez eu consiga fazer algo rentável, sempre fui não muito inteligente e inovador, mas sou batalhador e consigo muita coisa, mesmo que batendo cabeça.

É nisto que estou pensando.

Combinei os retornos do valor do Lote.

Serão 100% aplicados em FIIs / Ações pagadoras de dividendos.

É triste fazer o que estou fazendo, meu chefe é uma boa pessoa, mas ele esta ciente da minha desmotivação por ganhar um salário menor e não ter sido promovido até agora.

A empresa perderá um bom funcionário, que era motivado, por este motivo.

Sei que ninguém vai ligar, ninguém é insubstituível, mas o conhecimento que eu tenho poderá fazer falta sim, tenho um boa experiência.

Bom, fico por aqui.

Quero aproveitar este dia de folga que me dei fazendo pouca coisa de serviço, e estando conectado vejo e-mails chegando e pessoas me chamando ...

Um abraço e até a próxima postagem.

VDFGTS – VIVER DE FGTS

.
.

63 comentários:

  1. Olá VDC,

    Coloque esse plano de FGTS para valer. A gente não pode fazer empresa de estimação. Você tem totais condições de arrumar um emprego em outro local e ganhando mais.

    A empresa que você trabalha é da área de TI?

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola CI,

      Pois é, continuo dando murro em ponta de faca.

      Talvez uma recolocaçao em outra empresa ja valeria a pena.

      Vi pessoas que sairam e foram ganhar mais, e eu vi a vaga e vi que o salario era mesmo maior.

      Sobre a empresa, melhor nem falar, tem tipo de posts que eu deveria evitar rs.

      Valeu amigo, abraço

      Excluir
  2. "Ninguém nesta Blogosfera me valoriza, mas fazer o montante que eu fiz, ganhando o que eu ganho, foi digno de nota".

    O que você quer? Ser bajulado? Tomo mundo aqui tem suas próprias vidas, se tem uma coisa terrível na blogosfera: É os manjadores de patrimônio alheio. Puxa-saco de grana dos outros.

    Troca a fita, esse mimimi do mundo corporativo já deu...Até porque sua forma de relatar é bastante genérica. Veja os post do Executivo Pobre no tange esse assunto.

    Além disso, você NÃO mostra carteira(valor da cota, caixa, papéis, percentual de alocação, evolução, aporte, etc..). Tudo isso gera uma desconfiança tremenda. A mesma desconfiança que paira na cabeça dos críticos do Bastter(que também não mostra nada e caga regra).

    Ou seja, esse blog virá uma espécie de ficção/realidade, algo indecifrável. Apesar de conter um excelente conhecimento.

    Abraços,
    Orelha Seca

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mais ou menos Orelha Seca,

      Nao divulgo muitos detalhes, nao é a proposta do blog, nem este post deveria ser.

      Ja dou detalhes ate demais.

      Por fim, este blog é uma valvula de escape, e quando eu posto isto me sinto melhor.

      Abraçao

      Excluir
    2. Orelha seca deu a real, este blog parece com o do Pobretão que era cheio de estórias, lamurias, choros e roxette.

      Ainda bem que de mim esta cara não tá ganhando 1 centavo.
      Coloquei filtro no meu DNS, recebo 0 (zero) propaganda do Google.

      Poney

      Excluir
    3. Pelo menos aqui eu sugiro ouvir Alice in Chains.

      Poney, você não clica no anúncio, mas sempre esta aqui: Qual a lógica? Se meu blog é ruim, por que todo post você esta aqui? Eu fico me perguntando ...

      Valeu

      Excluir
  3. VDC

    Não faça isso. Sei que provavelmente serei o único que comentará isso, mas de verdade, não faça até atingir o terceiro milhão

    Um milhão não resolve, especialmente sem liquidez.

    Pense bem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Guardiao,

      Meu problema maior é a falta de crescimento. Meu salario nao é tao bom quanto o de algumas pessoas que fazem menos.

      Como comecei de baixo la, é mais dificil parece.

      Quem entra em cargo novo,.vindo de.fora, ja entra com cargo maior.

      Talvez o melhor seja sair e conseguir recolocaçao em outra empresa, so isto ja valeria a pena negociando um salario melhor.

      Ver que seus colegas trabalham com menos pressao e ganham mais é desmotivante, ainda mais sendo pressionado diariamente e nos piores projetos e atividades, aqueles que ninguem quer eu sou escalado ...

      Grato pelo conselho valioso, abraçao

      Excluir

    2. ""Quem entra em cargo novo,.vindo de.fora, ja entra com cargo maior.""

      Pensei que era só na minha empresa que acontecia isso. Eu também estou realmente desapontado na minha empresa por causa dessa situação. Pessoas novas sem o conhecimento que eu tenho, ganhando 2x mais que eu. Detalhe que na empresa de 45 pessoas que tem na minha divisão só eu e mais um cara de Manaus somos especialista no que fazemos. É chato d +.

      Excluir
    3. ISN,

      Infelizmente é o que vem acontecendo na minha empresa. Justificam que não podem aumentar os gastos, mas quem entra agora são pessoas menos qualificadas e já entram ganhando mais, muitas vezes entrando nos cargos de pessoas que como eu ficaram tão insatisfeitas que simplesmente pediram as contas.

      Meus dias estão muito chatos, esta mudança de gestão e a mudança das minhas atividades só me trouxe estresse.

      Que desânimo viu.

      Sucesso aí na sua empresa, espero que melhore, pois na minha tá foda!

      Abraçao

      Excluir
    4. VDC

      Veja, e não leve pro lado ruim, mas sua situação não é tão confortável como você faz crer ou crê

      Um milhão contando com imóveis... não te dá essa tranquilidade

      Cautela e canja não fazem mal a ninguém

      Excluir
    5. Ola Guardiao,

      Concordo 100%. Nao estou em IF.

      Mas, diante das pressoes absurdas, time fraco, fornecedores pessimos (provavelmente alguem ganhando um por fora), isto tem comprometido minha carreira e começa a afetar o meu bem estar.

      Nao vou sair pra viver atoa, a ideia seria buscar um emprego novo, mas pra isto eu preciso ser demitido, pois tenho bons valores a receber e replicar em FIIs pra me dar ainda mais renda passiva.

      A minha IF infelizmente esta longe.

      A unica boa coisa é que meus rendimentos passivos cobrem todos meus gastos fixos com mais de 50% de sobra.

      É esta a ideia: Buscar um emprego melhor, seja em salario ou qualidade de vida, e continuar aportando.

      Imagine voce ser responsavel por construir um predio de 5 andares: Sua empresa te encarrega, mas te da apenas um servente e um pedreiro muito mas muito ruim de serviço, que erra direto, nao cumpre prazos.

      Voce responde pela construcao do predio.

      Voce alertou no inicio que a equipe nao daria conta, e tambem que precisava de mais gente.

      A empresa te fala: Ok. Mas é assim e ponto.

      Agora sou eu que responde por isto e passo a fama de incompetente, gerenciando um projeto fadado ao fracasso e atrasos.

      Abraço

      Excluir
    6. Caro VDC,

      Acredito que sua visão está muito '8 ou 80'. Também estava insatisfeito com o meu trabalho (dinâmica parecida com a sua, o esforço x benefício não estava sendo justo), o que eu fiz? Arrumei outro.

      Sugiro que faça o mesmo. O mercado está reaquecendo, há de ter melhores empresas no seu ramo. Este caminho de 'se queimar' pra ser demitido vai fechar várias portas no mercado em que vc trabalha.

      Abs

      Excluir
    7. Anon,

      Penso muito nisto: Após anos construindo a minha marca, simplesmente mudar desta forma, é jogar tudo no lixo.

      Problema maior é: Se eu peço demissão, perco muita grana ... E a empresa não me demite se eu pedir.

      É um beco sem saída.

      Por enquanto vou aguentando as pontas e ver no que dá.

      Abração

      Excluir
  4. Caraca, que post pesado!
    Se alguém ler isso, com certeza falarão que fui eu quem escrevi... é a mesma situação, mesmo nível de responsabilidade, mesmo "conhecimento" internacional, etc...... mas enfim, também sou partidário em jogar a toalha apenas quando alcançar o terceiro ou, se a situação permitir, no quinto milho!

    Acho que hoje já consigo viver de renda, mas não terei luxo e tampouco nada. Será apenas gastar o que recebo, e por isso não dá para jogar a toalha.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Somos iguais nesta parte então Lucio, já posso viver de renda, na verdade o correto é: Já posso pagar todas as minhas contas e ter uma vida classe média apertada com o que sobra.

      Não é isto que quero, se for pra ser livre tem que ser com folga, concordo.

      Bom, vamos ver até onde aguento, do jeito que esta, ta muito ruim pra ser sincero.

      Falta muito pra eu conseguir dobrar meu patrimônio, triplicar então, parece até uma meta impossível ...

      Abração

      Excluir
  5. Pede as contas, VdC e pronto!

    Quando eu fiz isso, quase 8 anos atrás, o meu cálculo para viver de renda era que eu teria que fazer meu patrimônio valorizar pouco mais de 6% reais ao ano para manter o meu estilo de vida. Hoje esse valor já caiu para cerca de 4%. Viver com seus rendimentos é plenamente possível!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá André,

      Queria ter metade da sua coragem.

      Não posso sair, pois já acumulo alguns anos e um valor considerável, se eles me demitirem é outra história.

      Eu sei que poderia fazer alguma outra coisa pra viver, algo prazeroso, gosto do blog, gosto de finanças, gosto de construção e imóveis, mas chegou num ponto que meu emprego prejudica tudo, não tenho tempo pra nada mais, estou tendo que trabalhar final de semana, sempre sou cobrado durante pelos europeus, me deram uma porcaria de time, só gente fraca pra um projeto tão importante.

      Parece que estão sabotando a minha carreira, apesar de dizerem que é uma grande oportunidade.

      Sei que tem gente ganhando bastante por detrás deste projeto, e eu sou o que menos ganha e o que mais se ferra.

      Desânimo total mesmo. Um dia quem sabe, um dia ... Estou planejando a médio prazo esta mudança, estruturando minha renda (menos risco, mais certeza).

      Abração

      Excluir
  6. Meu amigo, fico triste em ler isso. Gostaria de ajudar um pouco, mas quem sou eu? Já passei pelo que está passando e realmente eu ficava p* da vida. Não cometa o mesmo erro que eu que foi pedir conta... Ainda bem que vc é mais esperto e já falou que não fará isso. Só estou comentando porque na hora da raiva dá muita vontade de fazer isso. Se eu pudesse voltar atrás, faria eles ficarem putos o mesmo tanto que me fizeram ficar por anos. Vá diminuindo o ritmo aos poucos e empurrando com a barriga. Deixe claro que não mais se empenhar de forma que não seja retribuído. Não faça mais do que aqueles que ganham mais. Com o tempo verão como o seu desempenho caiu, e uma hora vão cobrar o seu chefe pela péssima gestão de pessoas dele. Ou vc vai conseguir que te mandem embora com algum tempo, ou conseguirá o que almeja que é reconhecimento financeiro. Já que vc não depende do emprego, jogue isso a seu favor. Não obedeça e aceite facilmente, aja mais como um duro negociador. Aproveite esse tempo final para se deleitar do desespero das pessoas que te cobram. Não ria nem deboche de ninguém, só se faça de besta. Ria as escondidas, ou conte aqui para nós que adoraremos ouvir! kkkk. Antes de mais nada tenha muita calma a toda hora. Já passei por isso e sei que é muito fácil explodir!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Bufunfa,

      Pedir conta não peço não. Precisaria receber uma bela quantia pra sair.

      O problema disto é: Fico travado.

      Quando você esta descontente, o melhor é procurar outro emprego estando empregado, e simplesmente comunicar a saída.

      No meu caso, não valeria a pena, nem se fosse um salário bem maior.

      Estou aprendendo a agir desta forma, ou seja, atuar da mesma forma que me pagam. Cumpro meu horário.

      Quando precisa trabalhar um pouco mais, eu trabalho, mas excepcionalmente pelo projeto que estou coordenando ser muito importante, e largar ele agora seria queimar muito meu filme, isto não quero.

      Agora, estou reclamando mais, e em dias como hoje, eu simplesmente falto. Quase nem dei satisfação, estou bem desanimado com a empresa, perdi o amor, o interesse, por me sentir desvalorizado.

      Após este projeto mais importante, meu lema será pegar os projetos mais simples e realmente empurrar com a barriga.

      Eles fingem que me valorizam, eu finjo que trabalho. Trabalhar como um 'burro de carga' como eu fazia, não mais.

      Abração

      Excluir
  7. "Ninguém nesta Blogosfera me valoriza"

    Que isso, fera, você é muito querido por muita gente, saiba disso.

    Você está tendo uma visão muito realista do que é o trabalho. Gosto disso. Trabalho é trocar tempo precioso por dinheiro, nada mais. Acabei de fazer um post sobre parar de trabalhar sem nem ter lido o seu post de hoje, então acho que estamos com o mesmo sentimento.

    Azar de quem acha que trabalho é mais que isso e fica buscando realização pessoal no reconhecimento profissional.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Madruga, e olha que eu era um que defendia o emprego com unhas e dentes, que tínhamos que ser o melhor, e bla bla bla. Fui tapeado, como dizia o Picapau rs.

      Acho muita injustiça pessoas sendo contratadas com cargo acima do meu, enquanto eu me mato, trabalhando até final de semana, sem recursos, para dar conta e entregar o projeto no prazo.

      Abração

      Excluir
  8. Olá confrade VDC

    Apesar de estar pouco assíduo na blogosfera senti a necessidade de comentar este teu post.

    Afinal sei bem como é isso. Também passo e continuo passando por situação semelhante.

    Na empresa que trabalho em questão recentemente foi instalado um novo setor pois a filial está crescendo. Setor este da minha área de formação. E advinha o que aconteceu? promoveram outro colega? Antes fosse! Simplesmente pegaram alguém de fora. Uma pessoa que não tem história com a companhia e sem experiência de operar o sistema. E advinha para quem sobrou ensinar? Exatamente!

    Coisas assim acontecem o tempo todo por lá. Acredito que isso seja até cultural da empresa.

    Qual é a solução?

    Quando um profissional não é reconhecido e tem o seu trabalho menosprezado e sua inteligencia subestimada a melhor saída é a rua. Não tem outro jeito.

    Perder benefícios? Nem pensar! Bora botar essa plano FGTS em ação.

    Infelizmente estou na mesma pegada.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mestre,

      Engraçado como ouvimos sempre a mesma história. Nunca dão valor pra quem já esta dentro, contratam alguém de fora ganhando mais, e ainda quem é da empresa tem que ensinar ao "gênio" de fora.

      Já vi outros colegas da Blogosfera comentando isto.

      Ah, sinceramente, não acho justo continuar trabalhando muito e ganhando menos que colegas que fazem menos, projetos bem mais sossegados.

      Vou trabalhar o mínimo possível, entregar este último projeto maior e ver o que acontece, e buscar recolocação.

      Abração

      Excluir
  9. Poxa VDC, apesar dos haters, grande maioria te considera pra caramba. Sou um deles.

    Sou servidor público, então minha realidade é diferente. Mas numa coisa sonos bastante parecidos. Sou o que mais produz no meu setor, e o que eu ganho com isso? Posso escolher as férias antes de todos. Cadê meu diploma citado no texto? Rsrs

    Mas eu faço isso porque fico bem visto. Diferente dos que não fazem nada, ganham a mesma coisa, e são altamente mal falados no local.

    Mas principalmente, como cristão, quero dar bom exemplo no trabalho. Pois aí meu testemunho tem mais valor.

    Já teve uma época que fazia bem pouco. Aí além de falarem mal de mim, ninguém dava moral ao que eu falava ou pensava. Sinto que agi bastante errado. Por isso mudei o comportamento.

    Seu caso é diferente. Tente ser justo, mas sem ser explorado e colocado pra trás por essas pessoas que não têm bom senso.

    Forte abraço e fica com Deus

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Diário,

      Pois é, a iniciativa privada é bem o contrário, pois, me deram muito mais trabalho, sem me promover e sem salário maior. Agora eu estou arriscando meu emprego por nada, pois sempre dizem que na próxima vez será a minha promoção, os meses vão passando, colegas sendo promovidos, e eu sempre na mesma.

      No seu caso acho que você deve fazer exatamente o que seu cargo pede. Nem a mais, nem a menos.

      Mas, provavelmente você também fica triste ao saber que o colega que não faz nada no mês receberá o mesmo tanto que você, que trabalhou bem mais.

      Isto desmotiva demais ...

      Abração

      Excluir
  10. Então VDC, realmente uma situação complicada, mas melhor não jogar a toalha, foque mais nos investimentos em derretimento do trabalho (me refiro ao horário fora da empresa) ou apenas responda os e-mails mais urgentes fora da hora de escritório no melhor estilo operação padrão. Foque na saúde para não obter algum problema de saúde (diabetes, hipertensão, depressão e etc.) e siga firme com o plano FGTS. Das duas a uma, ou eles te recompensam pelo trabalho em bonificação salarial ou te dão as contas (pegando assim todos os seus direitos trabalhistas) para você se manter até se realocar. No mais boa sorte nessa empreitada.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Anon,

      Por isto sigo firme na natação e academia: É isto que garante a minha saúde e me livra do estresse.

      Eu reclamo pois não tenho condições de entregar os resultados que me pedem. Sou um só para tanta pressão, eu pedi um fornecedor melhor, me deram um meia boca, pedi recursos me deram um tão ruim que estava atrapalhando e pedi pra ele voltar a outras atividades e eu atuo sozinho mesmo.

      Este final de semana, tive que perder umas 3 horas trabalhando. Já estou cansado disto, prazos apertados, pessoas malucas por serviço.

      Vou fazer o que ganho, conforme meu salário, e não vou me matar de preocupação mais não.

      Se tiver que ser demitido por isto, que seja.

      Cansei de fazer muito e não ter reconhecimento.

      Pra mim, fazendo as contas, com uma rescisão e buscando um novo emprego que pague salário similar, eu teria uma grande melhoria de vida.

      Abração

      Excluir
  11. Que foda meu...
    Que sirva de lição para os leitores: é lindo ler/ver na mídia que as empresas buscam fulano esforçado, confiável, responsável, que entregue além do necessário por que isso é bem visto e blá blá blá como se dentro de empresas a maior parte das decisões fossem racionais e "profissionais". No mundo real o que conta mais é o quanto você PARECE bom.
    A realidade é que somos apenas engrenagens dentro de máquinas.
    Mas é foda ver gente batalhadora passando por isso... só espero o melhor pra vc VDC. Se cuida!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Anon.

      Eu fico muito triste, pois estou perdendo a identidade com a empresa.

      Eu realmente gostava do que eu fazia sabe, me esforçava, queria ver a empresa gerando lucro, indo bem, mas, com tanta sacanagem assim eu desanimo.

      Uma coisa que me lembro é que fui promovido (última promoção de cargo) justamente quando chutei o balde e resolvi mudar de setor dentro da própria empresa, quase fui demitido por isto, pois o gerente da área anterior não aceitava me perder e deu a maior briga no RH.

      Saí, fui promovido, e após estou aí, trabalhando feito condenado, enquanto meus amiguinhos de área tem tempo de ficar 2 horas fora pra almoçar, projetos bem mais tranquilos, e eu em reuniões de 09:00 até 15:00, às vezes direto! Tenho que cancelar reunião pra conseguir almoçar.

      Isto não é vida, não pelo que eu já fiz e faço pela empresa, só queria ser mais reconhecido.

      Abração

      Excluir
  12. Fazendo um parênteses, eu tenho clientes na China e esses caras não dormem? Gente.

    Te falo uma coisa, existe um enorme mundo paralelo ao da clt.

    Hoje meu maior medo é voltar a ser CLT. Fazer parte de panela. Almoçar com quem não gosto. Fazer a simpática a competente. Participar de amigo secreto. De rateio de sei lá o que. Que pesadelo.

    Depois que fui demitida no segundo dia do ano de 2017. Nada melhor poderia ter me acontecido na vida.

    E olha que eu nem tem 1M. Tinha zero reservas.

    Minha vida prosperou tanto. Mas tanto.

    Hoje eu trabalho de cada. Quase todo dia recebo convite pra fazer algum job.

    Tenho clientes sólidos. Grandes e que tem capital aberto na bolsa. Gringos. Pagam em dólar.

    Vida boa.

    Digo a você. Nao tenha medo. Venha para o lado negro da força.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal seu relato Almerissa!

      Estou pensando em sair da CLT. Estou estudando isso... Quem sabe também não vá para o lado negro da força

      Excluir
    2. Nossa Almerissa, que relato!

      Penso muito nisto sabe. Este medo tão grande de ser demitido, como se o mundo fosse acabar, e olha que eu tenho reservas, tenho renda que cobre meu estilo de vida, e mesmo assim fico me corroendo por dentro, como se tivesse inúmeras prestações e que se eu sair deste emprego não conseguirei mais nada nesta vida.

      O que estou tentando é justamente arrumar algo empreendedor para conseguir migrar de CLT de vez, meus imóveis e construção não me permitem atualmente viver deles como empreendedor, então preciso incluir algo neste meio para poder sair da CLT de vez.

      Tenho certeza de que quando sair da CLT não voltarei mais ...

      Grato pelo relato,

      Concordo II, show de bola o relato da Almerissa!

      Abração

      Excluir
  13. VdC, carinha, você tem que tirar o pé desse trabalho, tem que fazer questão de assumir somente aquilo que você pode fazer e não abraçar o mundo, se te chamarem para uma conversa sobre isso, seja franco, diga que falaram que não haveria promoção por causa da crise mas que depois houve um monte de promoção e ainda vem lhe pedirem ajuda !!! Desculpe tem que bater de frente, chega de ser cordeirinho, claro que você não vai sair xingando todo mundo, das 2 uma, ou vão pegar leve para não perder você, ou vão te demitir, se demitir pegue se fgts e depois pense no que fazer, ser demitido e ter que procurar outro emprego não é o fim do mundo. Pelo menos acho que a principal pessoa que você confia e respeita, já deu o aceite: Seu Pai !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade Anon,

      Conversei muito com meu pai, ele também acha que estou fazendo papel de bobo. Esta de dizer que não tinha dinheiro pra me promover, e na sequência promover um monte de gente e contratar pessoas novas com cargo acima do meu, foi a gota d'água pra mim.

      Já falei com meu gerente, ele sempre remedia, diz que vai fazer o máximo, mas no fim das contas continua a mesma porcaria.

      Devo falar direto com meu Diretor mesmo, explicar a ele e ver o que ele pode fazer, ser bem transparente, e esperar que isto ajude.

      Novos projetos não vou assumir. Tem um novo que o time global pediu minha alocação (o tonto que trabalho até final de semana), eu já disse que não assumirei e transferi a responsabilidade pra um cara da equipe que é nível acima do meu.

      Ele agora esta todo perdido e me pedindo ajuda, eu não vou ajudar e já deixei isto bem claro, e ele pediu pra falar novamente com meu gerente.

      Este aqui eu não aceito. Enquanto não tiver uma distribuição de atividades ou me tirarem um projeto, eu não aceito projeto novo ...

      Nem que isto custe a minha demissão.

      Chega de ser bobo e ser feito de palhaço.

      Abração anon e obrigado!

      Excluir
  14. Fala VdC. Já comentei aqui outras vezes. Tb estou numa situação parecida na empresa. Paciência esgotada. Não chego a forçar a saída, mas tb não me esforço não. Sempre que me vejo correndo atrás de coisas que vão exigir muito trabalho, eu já paro e faço o mais simples possível. Não tenho tanto guardado em FGTS, mas claro que é melhor sacar do que deixar lá rendendo a merdinha que rende.

    Abraço e boa sorte

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala ED,

      Se tem pouco FGTS, aí você tem uma carta na manga que é mudar de emprego. Eu não tenho esta, pois a empresa não demite se eu pedir ...

      Eu quero fechar este projeto chato que estou, e ser alocado em projetos menores, condizentes ao meu cargo.

      Quero não pensar mais em promoção, mas também fazer coisas do meu cargo.

      Num exemplo, é como se me colocassem num cargo Junior com responsabilidades de Senior, isto não aceito, sem ter meu salário conforme a posição que ocupo.

      Hei de vencer, com Deus.

      Abração amigo, e sucesso aí também viu, é dificil mas vamos vencer!

      Excluir
  15. E aí VdC, trabalhei no dia de finados, meu chefe ainda fez um comentário dando a entender que estava fazendo um favor pra mim, pois eu iria receber Hora Extras! PQP, eu trabalhei e tenho que receber, ele queria que trabalhasse de graça?
    E o tempo que deixei de estar com minha família? Tem cada maluco neste mercado de trabalho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Anon,

      Eu nem ganho hora extra rs. Cargo de confiança, uma droga.

      Não sei sua idade, se for mais novo (< 27), horas extras compensam, pra você fazer seu pé de meia.

      Agora, se não ganha nada, você perde, pois poderia estar descansando, com a família, passeando, e fica grudado na tela de um PC ou trabalhando, este foi meu caso.

      Trabalhar é uma droga, a cada dia vejo isto, e estou de saco cheio, sinceramente.

      Vai dar certo aí também amigão, abraço!

      Excluir
  16. Desculpe-me a sinceridade, mas discordo totalmente do Plano FGTS.

    Se está insatisfeito, peça as contas, saia por cima e pronto.

    Ora, você disse que tem tanta tranquilidade assim e não precisa do salário. Arrume outro emprego com menos responsabilidade e que tenha o fim de semana livre então. O suficiente para as despesas mensais e pronto.

    Abrindo um parênteses, Não consigo enxergar essa tranquilidade que você fala que tem.
    1 milhão em patrimônio incluindo a sua casa. Digamos que tenha o seu imóvel mais outro do leilão e o terreno, vamos por 450 a 500 mil em imóvel... e 500 mil com liquidez imediata.

    Não vejo qualquer cenário de independência financeira aí. Ou acompanhei errado as coisas? (Estou perguntando para ponderar na decisão).

    Ademais, voltando ao plano FGTS sempre falam “aí vou perder meus direitos”.

    Que direitos???

    Você pedindo demissão ou sendo demitido terá direito a exatamente:
    1) férias proporcionais
    2) férias vencidas
    3) saldo de salário dos dias já trabalhados no mês
    4) 13º proporcionais ao período trabalhado no ano
    5) cumprir aviso prévio ou pagar por ele


    Os únicos “direitos perdidos” são a multa do FGTS de 40%, a possibilidade de sacar o FGTS e a esmola do seguro desemprego para o seu caso. Você disse que se sair “perde tudo”. Tudo o que???

    Digamos que esteja na empresa a 15 anos e receba 10 mil por mês. Daria 150 mil reais de FGTS + 60 mil de multa.
    O FGTS continuaria lá, a multa você perderia.

    Mas para quem se considera na IF e com total tranquilidade, 60 mil é esmola. Principalmente que significaria sua liberdade, sua felicidade.

    O ganho na qualidade de vida não teria preço.

    Sério mesmo. Espere a entrada em vigência da nova lei trabalhista e faça um acordo (pela nova lei é legítimo). Demissão por acordo, você recebe 20% de multa do FGTS e pode sacar 80%.

    Caso infrutífero, peça demissão logo. Ficar arrastando esse ódio não vira nada.

    Só não acho certo ficar postergando o inevitável e virar uma pessoa amargurada.

    Pelo menos, ao que parece, você da o máximo de si na empresa. Portanto, se sair, saia satisfeito e de consciência limpa, que fez o melhor que pode e eles perderam um profissional de peso.

    Crie coragem, pondere o que é melhor. Só não seja “esquerdista” e acomodado de manter esses papos de “perder direitos”.
    Se a decisão for ficar na empresa, abra o jogo e exteriorize a sua insatisfação, no máximo vão te mandar embora.

    Desculpe-me se algo do comentário desagradou, mas é para o seu bem. Aprenda o poder do “não” e crie coragem.
    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito bom.
      O post me lembrou de um dos últimos post do conhecimento financeiro.
      Mas enfim VDC, QUAL o valor da sua hora-trabalho?
      Eu tenho o meu! E nao aceito ganhar menos ou eu meto o pé e falo tchau.
      O valor da minha hora-trabalho é (e deve ser) como o valor da cotação de uma ação: vai se valorizando conforme o retorno que dou para a empresa. Se a empresa nao quer comprar "meu ativo" por aquele preço que considero justo, eu simplesmente nao vendo o ativo e mantenho minha "ordem de venda" àquele preço até a ordem "pegar". SEM DIREITO A STOP LOSS!.
      Simples assim!! Como eu disse pro CF: capitalismo de um lado, capitalismo de outro lado!

      vou fazer um post disso semana que vem...
      Abraco

      Excluir
    2. Fala IP, IM,

      IP, seu comentário me lembrou muito o que eu mesmo fiz no blog do Pobretão, quando ele criou este post sobre demissão forçada. Te falo, respondi exatamente a mesma coisa.

      Falei sobre caráter, que era sacanagem com o empregador, que seria mais honrado simplesmente pedir pra sair.

      No meu caso, justamente por estar saindo este valor citado é de extrema importância. 60K pra mim é MUITA grana, fora o restante, e seria isto, junto ao que ganho atualmente, que me deixaria tranquilo.

      Suas contas estão erradas considerando Independência Financeira, eu digo Tranquilidade Financeira: Hora, se eu gasto 3K por mês em média e tenho uma renda de 5K passiva, eu estou tranquilo financeiramente, afinal, antes de arrumar um emprego, eu não estarei consumindo meu patrimônio. Isto é tranquilidade.

      O imóvel de leilão: Grandes chances que eu alugue. Aí aumenta mais 1K minha renda passiva.

      Lote: Estou recebendo aos poucos, com incidência de 1% ao mês. Já ajuda.

      O que não dá é ficar sendo enganado. Eu gostava demais mesmo da minha empresa, porém com tanta gente que faz menos sendo promovida, estou extremamente desanimado.

      É a mesma coisa que ser traído pela namorada e querer terminar numa boa, sendo amigos. Não dá.

      IM,

      Legal! Seria bom você reativar seu blog, sua última postagem se não me engano foi em Dezembro do ano passado.

      Bem, estou tentando fazer isto, mas em empresas grandes este negócio de promoção é bem complexo viu.

      Um abraço amigos e grato pels dicas.

      Excluir
    3. Entendi, VdC
      Sua resposta demonstra a extrema importância de ter custo de vida baixo e equilibrado. Fica muito mais fácil na tomada de decisões e reestruturação quando necessário.

      Excluir
  17. Força, VdC. Entendo sua situação. Trabalho na área de engenharia e os chefes de lá são tudo menos técnicos. Muitos ganharam o cargo puxando saco, dando assistência 24h ao diretor, enfim uma falsidade só que é o mundo corporativo. Agora quem faz a carroça andar são os técnicos e operacionais que são sugados por esses "gerentecos" que só sabem fazer apresentação no PowerPoint mas mal sabem redigir um relatório de acompanhamento...
    Eu me enquadro como burro de carga mas há tempos percebi que era o único especialista na área e passei a "regular" serviço, isto é, quando me pediam algo, enviava o produto o mais simples possível ou do ano passado. Resultado: já perdi as contas de quantas vezes me chamaram de canto para falarem sobre melhorar a produtividade, vestir a camisa da empresa e blábláblá. Não recebi o aumento que queria mas sempre sobra algo prA mim. A minha situação é diferente pois não posso ser demitido por trabalhar em órgão público. Mas o que quero dizer é que você precisa vender seu peixe, pedir um aumento pelos números motivos que testemunha aqui. Elenque tudo como argumento e exponha isso para seu chefe com um prazo. Se não conseguir o aumento, então é hora de procurar novos ares como disse nosso colega MDC. Ninguém é insubstituível mas todo mundo tem seu valor e ninguém melhor que você pra saber o seu preço. Boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala BP,

      Já fiz isto, já apresentei os resultados, quanto de valor entreguei, as correções que salvaram projetos de 1M que consegui sozinho. Nada adianta.

      O que vale mesmo é o marketeiro que faz reunião e sai colando papelzinho 'post it' sei lá o nome, isto que é ser importante lá.

      Vou levando o barco, saindo cedo quando der, na maior tranquilidade, até me demitirem, ou me valorizarem e me promoverem.

      Só assim mesmo, pra evitar tamanho estresse.

      Abração amigo e sucesso aí também, infelizmente o jogo é assim!

      Excluir
  18. Ser empregado tem dessas mesmo.
    Segura a onda e dá a volta por cima. Se você ainda tem gás para ganhar dinheiro trabalhando, vai encontrar a saída. As coisas mudam rápido e geralmente quanto a gente está mais "puto", é sinal que está perto de mudar...
    Abs
    IA2

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IA2,

      As melhorias na minha vida vieram quando eu nao aguentei mais e decidi arriscar.

      Estou chegando neste mesmo momento, e espero conseguir melhorar.

      Só isto que vivo já é uma grande lição: Devo trabalhar menos possível, quem faz menos, erra menos, e é promovido ...

      Abração

      Excluir
  19. Pobretão o retorno KKKKKK

    VDC já escrevi sobre isso lá atrás, infelizmente vivemos num mundo regido por política aonde eficiência e meritocracia são argumentos de fachada, algo distante da

    realidade humana.

    Todo sistema centralizado tende a politicagem fato! A diferença para um sistema descentralizado esta que na segunda opção você tende ser menos afetado pelas

    políticas, sócias, públicas, corporativas etc Agora na primeiro opção uns poucos detentores da maquina podem te censurar , punir e chicotear etc afinal eles fazem as

    leis, ditam os rumos da economia e pagam seu salário.

    Outro ponto aqui: Você esta sim chorando de barriga cheia, vivemos num país semi socialista e corporativista ao extremo, tudo aqui é resolvido na base da politicagem,

    desde promoções, cargos, projetos etc até mesmo eficiência da empresas fica em segundo plano.


    Portanto não espere algo diferente em outras empresas , anda tudo contaminado no meio corporativo e já faz séculos que é assim.

    A única saída é você tomar as rédeas de sua vida e correr risco como autônomo.

    Outro ponto que você reclama muito é sobre esta pressão insana, vamos ser sinceros: boa parte dos projetos atualmente poderia ser substituídos por sistema de IA! e as

    empresas não investem nisso porque existe lobby de categorias e sindicatos para boicotar novas tecnologias.

    Outro ponto que venho tocando no assunto já faz um bom tempo: Margens da maior parte das empresas esta ficando uma bosta por causa da incidência de impostos direitos e

    indiretos no faturamento, não se engane a tendência é isso ficar cada vez pior no futuro.

    Lembre-se o governo não produz nada portanto ele precisa cobrar mais impostos para dar conta dos seu déficits crescente e supostos "direitos", direitos estes que só

    existem enquanto houver capital acumulado e produtividade, tão logo a fonte seque; e já esta secando! A situação do mercado de trabalho tende a ficar cada vez pior.

    Quando se toma uma decisão importante você tem de pensar nas consequências:

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vamos ao fatos elencados:

      Pelo que costa em seus balanços nos meses anteriores você possui uns 400 ou 500 líquidos + uns 500 mil imobilizados contanto com sua casa.

      Se você conseguir 1 milhão líquido aplicado a uma taxa de 7% a.a em bons FII consegue um rendimento de aproximadamente 70 mil a.a ou 7 mil a.m.

      Destes 7 mil você precisa usar uma taxa de retirada extremamente conservadora já que existe inflação monetária no Brasil, não se engane inflação real é muito maior

      do índices no governo.

      Nesta situação você precisa fazer sua própria cesta de produtos e custos comparar tudo no final de ano, fazendo isso você tende perceber que boa parte dos custos

      cotidianos sobe um pouco acima da inflação oficial e portante você vai precisar de uma taxa de segurança maior.

      Existe possibilidade de atingir alguma liberdade com 1 milhão atualmente, sim existe! mas você vai estar operando no que chamo de zona de inflexão.


      Agora vamos a pornográfica contábil: Destes 7 mil você reaplica metade e usa outra metade 3,500. Este valor tende a ser seu padrão de vida no futuro.

      Com 3,500 você arranja outro empreguinho medíocre de segunda a sexta para complementar a renda, consequentemente você tende receber líquido de IR uns 2.000 ou 3.000

      no máximo.

      3.500 + 3000 deve elevar seu padrão para 6.500 a.m, ainda longe de bom ordenado mas um bom salário, como seu foco é empreendedorismo caso largue seu emprego você não

      vai poder dar uma de porra louca e arriscar, lembre-se agora você depende unicamente da sua renda passiva + empreguinho mediano.


      Resumo da obra: Você pode viver de renda com esta valor ? Sim definitivamente você pode, mas seu padrão de vida vai ter de continuar exatamente o mesmo e sua carteira

      vai ter de se tonar 100% conservadora enquanto não atingir seu segundo milhão.

      Com estes valores não arriscaria empreendedorismo no Brasil , caso de errado você tende voltar como um cordeiro para o abatedouro, empreender no Brasil deve ser feito

      com parcimônia e apenas com uma % do capital, uma vez que você perde o principal a coisa vai ficar feia para seu lado.

      Acredito que você tenha sentido gostinho do que é ser autônomo com estas ultimas movimentações em imóveis.

      Portanto se estiver insuportável recomendo que consiga pelo menos 1 milhão líquido e outro emprego que pague salários medíocre com menos atribuições.

      OBS: Não esquece de colocar na conta uma futura tributação sobre empresas e FII porque na situação atual é inevitável.



      Abraço

      Excluir
    2. Mestre,

      Sempre deixo pra responder seus comentários por último, pois eu preciso ler 3 vezes no mínimo para entender a sua mensagem.

      Eu considero seus ensinamentos vitais para a minha caminhada, MUITO OBRIGADO MESMO E QUE DEUS LHE ABENÇÕE SEMPRE.

      Na sua proposta acima, eu vejo que tenho que juntar mais capital líquido (concordo 100%), e no meu caso talvez o empreguinho de 2K poderia ser algum de meus projetos digitais (por isto fico insistindo com este blog, mas se nao conseguir devo usar ele só pra chorar as pitangas mesmo kkk).

      Grato pelas dicas, estou segurando o máximo, mas não vou me esforçar pela empresa mais não ... Vou fazer mal mal o que meu salário me paga e olhe lá.

      Abração

      Excluir
  20. Quem sou eu pra sugerir alguma coisa, pois qualquer decisão que você tome é pessoal. Eu não estou na sua pele.

    A única coisa que posso compartilhar é a experiência de amigos que já passaram pelo que você passa. Muitos deles eram agarrados as suas posições em suas empresas de uma forma pouca racional. Não sei se era medo, mas posso chamar de receio. Afinal, mudar depois de tantos anos, gera receio. Mas depois que mudaram, a vida foi evoluindo.

    No mundo corporativo é assim, eles trazem gente de fora ganhando mais, valorizam os marketeiros e dão trabalho pra quem gosta de trabalhar. Provavelmente é o seu caso. Você está na posição atual pq vc construiu isso. Provavelmente eles dedicam projetos importantes a você pela sua competência e custo baixo: simple as that.

    Enfim, quer começar a fazer algo? Comece a testar o mercado cara. Quantas entrevistas fez em outubro? Você tem alguma noção se o teu cargo vale o que vc ganha na empresa Y? Voce conseguiria um upgrade de 30% indo pra empresa Z?

    Testar o mercado é a atitude de menor risco que eu poderia sugerir aqui. Até chegar o momento que você vai ter coragem de mudar de empresa, pq pelo que conheço desse teu mundo de consultorias, realmente você tá preso ao teu cargo.

    ABS meu caro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felipe a questão é que mudar de empresa atualmente é como trocar de camisa, existe alguns casos de empresas boas no mercado? Sim , mas estes são casos fora da curva.

      O setor como um todo é contaminado com politicagem, você muda de empresa para reviver as mesmas coisas em um processo de eterno loop.

      Já falei para o VDC largar de ser tanga frouxa e aguentar mais uns 2 ou 3 anos, se ele atingir pelo mens 1 milhão e uns 600 mil não precisa mudar de empresa pode viver em tempo integral de renda passiva, nesta situação ele pode começar tocar levemente alguns projetos de empreendedorismo.


      Abraço

      Excluir
    2. Concordo com o Mestre, são raras as empresas em que o ambiente seja diferente. As situações que a galera postou acima, como um cara vir de fora para assumir posto e ganhar muito mais do que os que conhecem a empresa, puxa saco ganhar o dobro q você, entre outros, acontece onde trabalho, minha irma trabalha, meu primo e praticamente todos que eu conheço.

      Infelizmente, ou o VDC entra no jogo, aprende politica e assim concorre a cargos melhores, ou dá de ombros para a situação e vai suportando até onde der. Sinceramente, as duas opções são ruins. Eu estou na segunda, vou levando meu trampo até onde conseguir. Enche o saco, vc fica puto com a indiferença que tem com vc por não ser da "panela", sofre com as manipulações que favorecem uns e geralmente te ferram... Mas é isso, em outras empresas a chance de isso acontecer é grande, então o jeito é "deixa a vida me leva"

      Porém, assim que acaba meu expediente, tento ao MÁximo esquecer meu trabalho. Hoje com as tecnologias é complicado, te mandam e-mail, whatsapp e outros. Mas, tem que arrumar uma saída, se não pira. A sra Inglês costuma tentar falar comigo sobre trabalho, eu quase sempre desconverso. Assim, chego em casa, treino (que por si já ajuda a esquecer), jogo um game, filme, livros e gasto um tempo na blogosfera que já se tornou um hobby.

      Isso ajuda muito a acordar no outro dia e encarar essa "bagaça". Força ai VDC Abraço

      Excluir
    3. Pois é. Aguentar um tempo soa mais razoável.

      Excluir
    4. Fala amigos,

      Felipe, você resumiu minha situação aqui: "No mundo corporativo é assim, eles trazem gente de fora ganhando mais, valorizam os marketeiros e dão trabalho pra quem gosta de trabalhar".

      Me vejo preso ao meu cargo, realmente. O medo de mudar é muito grande, de chutar o balde, pois receio não conseguir me encaixar novamente em outra empresa com mesmo salário, mesmo que o salário atual nem seja tão bom assim.

      Mestre, lembro sempre deste seu conselho. Quero encerrar este projeto mais complicado, sairei de férias em Dezembro se Deus quiser e ficarei 30 DIAS SEM FAZER NADA, NÃO VOU ABRIR NEM UM E-MAIL, QUE SE DANE ESTE PROJETO. Vou aguentar o máximo que der.

      II, infelizmente por eu já ser da empresa há alguns anos já tenho a percepção sobre mim, então tentar virar político agora não funcionaria, o jeito é ir aguentando as pontas mesmo e focando em empreender fora da empresa, o ruim é que este projeto e minha função atual tiram todo meu tempo, isto é o que me deixa desanimado.

      Abração e grato pelas dicas galera!

      Excluir
  21. Santo de casa não faz milagre...
    Tenho lido e ouvido muito esse termo, e vejo que cada vez mais se aplica o significafo dele.

    Também entediado com a vida corporativa, eu comecei a escrever um livro irônico do dia a dia das empresas. Quando ele estiver pronto vou distribuir na blogosfera.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Anon, gostaria de ler.

      Infelizmente é assim: Quem entra na empresa agora negocia um cargo e salário legal.

      Os bobos que estão lá entregando resultados, permanecem estagnados, como eu.

      Abração

      Excluir
  22. Felicidade não tem preço!

    Melhor viver livre do seu emprego sendo feliz do que viver no seu emprego de forma insatisfatória tomando tarja preta.

    Seja feliz custe o que custar!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza Galo!

      Por enquanto é só estresse e raiva, mas, se começar a afetar minha saúde, não tenho dúvidas que sairia imediatamente.

      Minha saúde não tem preço ...

      Abração

      Excluir
  23. Você irritado com o seu trabalho e eu aqui chorando, quase com depressão porque eu não to conseguindo achar uma boca que me pague um salário mínimo.
    A questão é que você tá muito na zona de conforto, desculpa a sinceridade, mas parece até aquelas crianças mimadas quando não ganha o que quer fica fazendo birra.
    Assim desse jeito você vai queimar seu filme e ainda ser demitido, pode acabar até fechando várias portas no futuro.
    No caso dos seus projetos da empresa algumas situações você tem que se impor, se você não tem condições de tocar um projeto "problema" aprenda a dizer não ou então negociar, se não for pra ser profissional não comece aquilo que não vai dar certo ou ficar levando de barriga, simplismente diga NÃO e fale que não dá pra fazer serviço meia boca.
    Essa história de santo de casa não faz milagre de fato concordo, mas acho que no seu caso o que você tá precisando é CRESCER E APARECER.
    Comece a divulgar dentro da empresa o SEU PROJETO, você lidera então você deveria FAZER O BARULHO DENTRO DA EMPRESA, apareca home do céu! Apareça pra crescer!
    Outra coisa você precisa deixar bem claro para o seu chefe e CIA. que você não é escravo, seu horário de trabalho é hora tal até tal horário, nada de compromisso fora de expediente.
    Sua insatisfação não vai mudar, na verdade tende a piorar então trate de tomar atitude.
    Se quer ajuda, acho deveria procurar agora um Coach de Carreira, tá na hora de mudar e não é sua empresa que vai fazer isso, tem que ser você "SEJE HOMI" ou então eu assumo o seu lugar na empresa, porque olhaaaaaa tá foda tentar encontrar um bom coração que me pague pelo meu tempo.
    Se for possível me dá uma ajuda pelo amor de Deus, Posso enviar meu currículo pra você?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Anon.

      Concordo 100%. Grato pelas dicas.

      Gostaria muito de ajudar, mas se eu recebo seu curriculo minha identidade sera revelada e ainda estou trabalhando nesta parte pra divulgar na hora certa com o novo site.

      Obrigado amigo e sucesso na procura

      Excluir
  24. VDC, pelo amor de Deus para com esse mimimi cara.

    Como você conseguiu crescer na vida? Foi com construções, certo? O nome desse blog, a proposta desse blog, é essa? Construir e vender. Por que você não vai viver disso?

    Calcula qual o seu custo de vida no período de duas obras. Faz um acordo na empresa, pega FGTS, seguro desemprego, férias acumuladas, horas-extra, etc etc, e custeia sua vida durante essas duas obras. Começa a construir, que é algo que você sabe fazer, ai quando vender você separa caixa para viver mais X meses, aporta o restante do lucro e recomeça a construção. No paralelo você vai tocando seus projetos digitais.

    Pronto! Você acaba de se tornar um cara semi-independente financeiramente! Com liberadade de tempo, sem stress, sem mimimi e lamúrias.

    Ser rico não é fazer aportes gigantescos. Ser rico é ter fluxo de caixa suficiente pra viver bem. Entenda viver bem como quiser.

    O que acha da idéia?

    ResponderExcluir
  25. parabens vdc,agora é planejar e aproveitar!! também logo logo estarei com um empreendimento em janeiro,chega de me matar a toa...

    ResponderExcluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares