Total de visualizações de página

domingo, 29 de outubro de 2017

Uma Nova Visão do Dinheiro

.
.

Olá pessoal, boa noite.

Em alguns dias bate um extremo desânimo de criar conteúdo aqui no blog.

Colocarei algumas imagens de reflexão, um pouco fora do contexto das frases em si, mas no contexto da postagem, da mensagem a ser passada.

Eu acredito firmemente que meu blog não é lá tão ruim.

Eu penso assim: Eu compartilho a visão financeira de alguém que começou do zero e conseguiu atingir uma cifra considerável, os famosos 1M, com Imóveis principalmente, e muito Trabalho.

Eu poderia ser um empreendedor de palco.

Eu poderia ser um vendedor de cursos online, mostrando como atingi este valor simbólico.


Porém, eu prefiro me manter aqui, tratando isto como um Hobby, uma forma de estruturar melhor meus pensamentos, treinar a escrita, a oratória talvez, pois o que escrevo aqui também ouço o som da minha voz, no momento da criação dos textos.

Eu, eu, eu, eu, e eu.

Meu blog fala quase exclusivamente sobre mim, apenas.

Eu falo muitas vezes eu, eu, eu.

Até quando comento nos blogs dos amigos, e aqui já deixo minhas sinceras desculpas, eu leio um texto, tento compreender a mensagem e já aplico ela a mim mesmo, e 99% das vezes eu já comento algo sobre o texto aplicado ou comparado comigo mesmo.

Este eu considero um dos malefícios da Blogosfera.

Acabei ficando um pouco egoísta, totalmente determinado a atingir o que chamamos de Independência Financeira, e inevitavelmente ficamos muito bitolados com a questão Financeira, com os Fechamentos Patrimoniais, e demais assuntos desta vertente.

Acontece que, pensando bem, vejo que esta luta insana acabou me fazendo tomar algumas decisões a meu ver precipitadas, ou que poderiam ter sido melhor pensadas, tudo isto baseado naquilo que eu sempre repeti aqui: O foco em aumentar o Aporte. Em outras palavras, dinheiro.

Nos últimos meses eu aportei o triplo de dinheiro que normalmente aplicaria, fruto de muito sangue frio, inteligência, muita frugalidade, e principalmente as rendas extras adquiridas.

Mas, chega uma hora que devemos migrar os investimentos mais arriscados, aqueles que nos deram uma rentabilidade espetacular (pra quem gosta de rentabilidade, não é o meu caso), para investimentos mais conservadores, e é isto que estou fazendo agora, sacrificando para isto o Aporte.

Estou me baseando , primeiramente, o meu próprio exemplo: Jovem, família classe média, que começou do zero, e cuja maior herança foi a possibilidade de estudar numa boa escola, e realizar cursos na minha área, custeados pelo meu pai, figura de suma importância na moldura do meu caráter, e principalmente que me explicou a importância de poupar e de trabalhar desde cedo.

Ainda me lembro daquela reunião numa pizzaria, simplória, mas de ótimo atendimento, quando completei meus 18 anos, e minha família próxima (pai, mãe, irmã/irmão), fizeram esta pequena ‘comemoração’ para me dar os ‘toques’ sobre o que eu deveria fazer com a minha vida.

Os receios de eu escolher o caminho errado eram grandes demais, e eu tive alguns obstáculos grandes demais para serem vencidos por um adolescente, que não cabem aqui, mas algo que mudou drasticamente a minha vida, e que afeta até hoje, mas com a Família e Deus vencemos, permanece a saudade, mas superamos e conseguimos tocar em frente ...

Não tenho dúvidas de que consegui trilhar o caminho correto.

Não sei se revelei aqui, mas o meu primeiro emprego oficial foi como estagiário, no cargo de ‘Office Boy’, meio período, onde eu trabalhava de manhã (08:00 às 12:00).

Eu fui demitido no mês, eu acho.

Segundo a dona do escritório eu demorava demais para realizar as atividades, e até deixou a entender que eu passava meu tempo em fliperamas, por isto a demora para realizar os serviços.

Fiquei bastante desanimado na época, pois eu tinha certeza que havia feito o meu melhor e que era comprometido, porém eu dependia de ônibus, ficava às vezes perdido em busca dos endereços, e achei que desmereceram meu Trabalho.

Com os valores que recebi, lembro que comprei um violão, formei uma banda posteriormente, mas isto é papo para outra postagem.

Este primeiro emprego não foi legal, pois estava atrapalhando em meus estudos, então no final das contas foi até bom.

.
.

“Há males que vem para o bem”.

Acontece que a vida dá voltas, e eu não guardei rancor da dona do escritório de contabilidade.

Hoje em dia, adivinhem quem administra a minha prestação de contas com a Receita Federal e sabe de forma detalhada todo o meu Patrimônio? Sim, exatamente a mesma pessoa que me demitiu há mais de 12 anos atrás.

E hoje sou um de seus clientes.

Na verdade esta postagem era para falar sobre outros dois temas, talvez eu dividiria em duas postagens: O status atual da Compra do Novo Imóvel de Leilão e andamento da Venda do Lote.

Acabou saindo isto.

Esta é a vida de um blogueiro que leva este trabalho como um Hobby.

Eu não preciso ficar buscando as palavras chaves e citá-las no primeiro parágrafo e ao longo do texto.

Eu não preciso linkar outros conteúdos.

Eu não preciso utilizar os atributos nas imagens para ser encontrado no Google Imagens.

Deveria? Talvez.

Voltando ao tema central, que é esta citada ‘Nova  Visão do Dinheiro, percebi que devo pegar mais leve comigo mesmo.

.
.

Eu me cobro demais ...

Eu tento ser o melhor em tudo, sou muito competitivo.

Mas, a vida não pode se basear apenas em cobranças.

Eu devo valorizar mais o que alcancei, e continuar a mesma ‘pegada’, porém o esforço maior foi feito lá atrás (pois muitos esquecem que comecei há mais de 10 anos atrás juntando dinheiro, muito antes do blog).

 
O problema é: O dinheiro muda as pessoas.

E eu sou um exemplo vivo disto (não pelo fato de ser rico, mas por ter conseguido um valor considerável considerando minha idade e meu começo).

Nesta negociação frustrante e estressante que estou tendo neste Lote que adquiri (leia as postagens anteriores para melhor entender como travei meu capital numa jogada bem idiota), eu me motivei pelo dinheiro, e não pela razão, que me dizia “Não faça isto. Você vai vender Fundos Imobiliários e usar boa parte do Capital que esta rendendo muito bem para ter um lucro fácil que se tornará na realidade difícil ...).

Dito e feito.

Estou bastante frustrado nesta parte, mesmo tendo já recebido 10% do comprador como sinal de boa fé (+ as prestações iniciais que paguei), o estresse que tive, as discussões via telefone, Whatsapp e SMS, eu digo: Não valerá a pena este lucro.

Eu recebi apenas o lucro da negociação, ainda falta receber o principal que é o valor completo do lote (inteligência financeira: Se você compra um lote financiado por loteadora / imobiliária, você pode pagar todas as prestações, exceto a última, pois assim você não precisará lavrar escritura e registrar em seu nome, para após transferir a outra pessoa. É mais fácil repassar baseado no Contrato de Compra e Venda junto á Imobiliária - Riscos: A Loteadora / Imobiliária falir - Para curto prazo e se você conhece bem a empresa, vale a pena).

Mas, a pessoa me pediu estender o prazo, pagando este valor do lucro (eu já deveria ter recebido pelo menos 50% conforme contrato que fizemos) para demonstrar o ato de boa fé, mas me explicou os motivos pessoais de um problema ocorrido e pediu minha paciência para estender o prazo. Pelo menos repassou o lucro ...

Eu estressei muito, agora estou mais tranquilo, porém tem estresses, discussões que no final das contas não valem a pena.

Detalhe que ocultei na última postagem sobre esta movimentação: Eu conheço a pessoa desta negociação que intermediei, alguns falaram na postagem que comprei para demonstrar poder, para alimentar meu ego, mas nem tudo eu revelo aqui. Eu fiz a compra a pedido da pessoa, pois ela venderia um outro bem para cobrir, mas teve um problema que não contarei aqui logicamente.

Estou com Capital parado e sem bonificação (Renda Fixa / FIIs), já há mais de 1 mês, porém o bem continua em meu nome, menos mal.

Acabei estressando muito, não dormindo bem, e principalmente sabe quando você tem aquela discussão e depois analisando a situação pensa: "Que papel ridículo eu estou fazendo, a que ponto estou chegando, vale tudo isto por dinheiro?".

Outro momento de pensamentos incorretos:

Este imóvel adquirido.

No papel: Eu planejei não ter contato com os moradores, para não gerar estresse e não correr riscos desnecessários (você nunca sabe quem esta do outro lado).

Na prática: Na hora que peguei os papéis comprovando a negociação, eu não quis nem saber e fui à porta do imóvel, provavelmente eu chamaria, e foi aí que descobri que havia grandes indícios de que o Imóvel estava vazio.

Fora as ideias malucas de ameaçar a pessoa se ela não quiser sair, dar uma prensa, este tipo de pensamento que passa na nossa cabeça, tudo isto motivado pelo dinheiro, pra conseguir ganhar grana rapidamente, porém, vale a pena? Isto é uma coisa de Deus? E se fosse eu lá dentro, devendo e perdendo meu Imóvel? Gostaria de ser ameaçado e tratado assim?

São perguntas que permearam a minha mente durante esta negociação.

Querendo ou não, se você tem um tipo de pensamento imbecil como este que tive acima, é por que sua mente pensou realmente nisto, e a justificativa é uma só: Dinheiro.

Vale a pena enriquecer fazendo coisas contrárias aos seus princípios?

Pra mim, não vale, mas preciso me controlar sempre para que eu não seja corrompido.

O que eu quis tentar resumir nisto tudo:

O dinheiro muda a nossa cabeça.

Meu Aporte vai ser drasticamente reduzido, pois abdicarei dos altos retornos de aplicações de altíssimo risco para aplicações imobiliárias, de menor risco, rentáveis, mas que levarão mais tempo para serem concluídas.


Com isto, a minha Renda Passiva tenderá a ser reduzida drasticamente, mas ainda assim cobrirá todos os meus gastos (manterei a Tranquilidade Financeira).

Este mês será meu último mês de uma absurda renda de R$ 20.000,00. A realidade chegou. Foi bom enquanto durou esta fase.

Bem, é isto.

Um abraço e até a próxima postagem!

Ps.: Música pra vocês ... Sou fã de Alice in Chains, pra quem não sabe, é uma das minhas bandas favoritas ... Salve Layne ... Este foi o último show, acho que caberia uma postagem inteira apenas para falar sobre este show.



VDTFOC – VIVER DE TRANQUILO E FAZENDO O QUE É CORRETO

.
.

25 comentários:

  1. Acredito que motivos que o empreendedorismo de palco foi tão aclamado no Brasil é exatamente porque este não trata desta questões, muitas vezes você faz tudo perfeito e mesmo assim resultado depende de uma série de fatores aleatórios nos quais você se quer tem controle.

    Outro ponto é que sim o dinheiro muda as pessoas , muitas vezes este fenômeno é algo inerente personalidade do indivíduo em questão.

    Acredito que seu caso se trate da velha questão do teste do travesseiro, sabemos por experiência própria que existe pessoas com maior tolerância ao risco e muitas vezes este fator também esta associado ao valores investidos na operação além da fase de vida que a pessoa se encontra.
    EX: Você se arriscou em duas operações para obter um retorno maior, só que este retorno não vem de graça afinal toda operação envolve riscos.

    Riscos que devem ser mensurados de acordo com a tolerância de cada pessoa, recentemente fiz algumas operações de risco que felizmente renderam um bom dinheiro, dinheiro este que veio para compor ativos de menor risco em minha carteira, lhe digo desde o começo estava ciente que poderiam dar dor de cabeça e que poderia sofrer perdas de até 50% do valor investido.

    No final das contas a melhor coisa é você dormir a noite sabendo que fez o melhor que você podia, porém não colou em jogo algo que poderia lhe fazer perder o sono.

    Acredito que seja o caso aqui: Você entrou em operações buscando um plus a mais no final do mês, mas estas operações levaram você a fazer coisas as quais não estava dispostos desde o inicio.

    Afinal se existe risco, existe trabalho para mensurar este risco e até mesmo sorte para colher os frutos.

    Como falei anteriormente achei um erro você vender fundos imobiliários e não trabalhar com capital de giro, fugiu completamente do seu perfil! até eu que trabalho com gestão ativa mantenho alguns ativos perpétuos na carteira e só vendo se houver outro ativo melhor.

    Simplesmente não compensa vender patrimônio de qualidade se não for para aumentar qualidade do portfólio com segurança.

    A propósito vem novidade na minha carteira no próximo mês: liquidei varias ações para entrar no leilão do ABC Plaza, veja que maravilha liquidei toda minha carteira de trade e comprei mais ativos seguros a um preço de ocasião.



    Abraço





    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sempre com colocações ponderadas e assertivas. Um dos caras da blogosfera que seria uma satisfação pagar umas cervas em SP.

      O movo empreendedorismo de palco entra em mutação: Agora temos showmans com alguma realização "cagando" os mesmos chavões, vide o Flávio Augusto(que é ponto completamente fora da curva).

      Mas, então não é perpétuo(ou é perpétuo enquanto durar). O VdC não é burro(pelo menos eu acho), entrou na operação tem que saber perda máxima aceitável, isso é básico. Essa do sono discordo, eu arrisco bastante e perco qualidade de vida, mas isso pelo dinheiro, sei que tenho que continuar assim, no sono bom não vou chegar onde quero, nem é meu perfil, preciso ficar tenso, a tensão me move.

      Patrimônio de qualidade, difícil é mensurar isso em valor(precificar) para balizar comparação. Saber hora de entrar e sair.

      Excluir
    2. Fala anon blz!
      Sobre patrimônio de qualidade, convenhamos é bastante difícil mensurar o que é qualidade, mas sim é possível!

      Grande parte das operações que envolvem lucros astronômicos também envolvem riscos astronômicos.

      Opções
      - Derivativos
      - Turnarounds
      - Empreendedorismo

      ETc

      Evidente que existe pessoas com maior propensão ao risco e outras com menor , VDC nunca foi um cara que teve grande propensão ao risco fato! pelo menos no que tange ao mercado de renda variável ele é bastante conservador em sua estratégia.

      Ele mesmo vive pregando para não girar patrimônio ,mas foi exatamente isso que ele fez ultimamente fugiu do seu perfil para tentar conseguir ganhar mais em outros negócios.

      Sei que existe pessoas que vivem bem com risco, isso faz parte da personalidade delas, por exemplo traders.

      Acredito ser o seu caso!

      Sobre empreendedorismo é algo complicado ainda mais no Brasil , não me atenho escrever sobre isso por não acreditar não eficácia de alguns métodos ( neste campo as regras do jogos mudam frequentemente.)


      Claro que o VDC não é burro , mas o mercado de renda variável inclui traders de imóveis afeta bastante o psicológico.

      Existe na literatura de investimentos casos escabrosos de pessoa com QI elevado ( Cientistas), ( matemáticos), ( gestores de fundos) etc cometendo erros crassos em busca de retornos maiores.

      Neste quesito foi desenvolvido campo das finanças comportamentais que trata do comportamento do indivíduo no mercado de capitais.


      Perfil de risco mudam ao longo do tempo conforme nosso conhecimento avança em determinada área, é evidente que ficamos mais propensos a correr maiores riscos em busca de maiores retornos.

      Só que isso nem sempre é benéfico quando deixamos psicológico tomar conta da operação, mesmo tentando isolar o psicológico da operação é algo muito difícil.

      Recentemente fiz uma operação que ganhei uns bons trocados , mas poderia ter ganhando ainda mais.

      Ai fica aquele diabo martelando na cabeça por não ter arriscado mais e ter ganho muito mais, porém depois que passou operação de risco fica fácil o ruim é quando vem o chumbo grosso e você precisa lidar com a perda.

      Abraço









      Excluir
    3. Mestre você citou algo que é muito importante.

      RV é muito desgastante mentalmente se o cara não souber administrar. Nem sempre as coisas acontece como a lógica determina e o investidor tem que saber lidar com isso, tem que saber lidar com perdas acreditando numa recuperação posterior etc

      A RF brasileira praticamente acabou, mal serve pra proteção de patrimônio, sendo assim quem quer ver o patrimônio avanças tem buscar outras opções, entre elas RV, instável, outra opção é empreender tão arriscado quanto a RV se o empreendedor não tiver conhecimento do que faz.
      Tudo isso exige tempo, conhecimento e equilibrio psicológico para alcançar os objetivos desejados.

      E considere permitir comentários anônimos em seu blog.

      Excluir
    4. Anon sobre comentários anônimos.
      Porque nunca permite este tipo de comentário no meus blog.

      - Falta de tempo para moderação
      - Estou muito tempo aqui na blogosfera, digo que estou aqui blogosfera antes do inicio do meu blog em 2015, já faz alguns anos que perambulava este ambiente da blogosfera, e se não me falha memória foi no final 2013, neste meio tempo vi muito blog bom ser ataca por onda de haterismo.

      O cara mal tinha tempo tempo de fazer moderação e escrever artigos concisos e ainda tinha de perder tempo moderando comentários.

      Então quem quiser comentar no meu blog basta criar um email e mandar ver! Assim vamos tirar de letra rambos do teclados e replicadores de besteira.

      Sei que boa parte do pessoal aqui é órfão de blogs como pobretão etc , mas temos que ser sinceros quem acabou com estes blogs foram haters vadios que não tem nada para fazer, eu mesmo não concordo com um monte de coisa que escreviam nestes blogs ditos da real , mas entre concordar e discordar existe uma coisa chamada respeito e isso tem faltando no ambiente da internet.

      Hoje o cara sofre haterismo se fizer blog para falar sobre bactérias, sinceramente não tenho tempo disponível para ficar moderando meu blog.
      Abraço



      Excluir
    5. Ola Mestre, Anon,

      Respondendo ao comentario 1 do Mestre:

      Sim, eu errei.

      Girei patrimonio, vendi coisa boa na carteira para uma operaçao de curto prazo que esta me dando dor de cabeça.

      O valor que operei foi maior do que eu aceito perder, por este motivo o teste do travesseiro me alertou e vi a burrice que fiz.

      Ainda estou corrigindo a cagada, estou esperançoso que sairei no lucro, mas o estresse que passei nao fara ser um bom resultado.

      Excelentes dicas como sempre Mestre.

      Excluir
    6. Excelente discussao.

      Realmente nao tenho o dominio e expertise do Mestre na renda variavel, mas uso o fator tempo e acumulaçao a meu favor (nao sou bom em timing).

      A operaçao em ABCP foi acertadissima.

      So vi depois, tambem nao teria dinheiro para aportar, e pra falar a verdade nem tenho acompanhado mais os FIIs, so estou corrigindo a bagunça financeira que fiz entrando em duas operaçoes imobiliarias.

      Mestre, nao achobque haveria haterismo em seu blog.

      Somos todos seus fas.

      Abraçao

      Excluir
  2. VDC, esses momentos de reflexão são importantes para nos tornarmos pessoas melhores. Não existe crescimento sem dor. A gente só cresce na adversidade. Temos que dar MUITO valor pra esses momentos, pois são neles que vêem nossos maiores aprendizados.

    Força e bola pra frente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Enriq,

      Verdade. Estou passando uma fase bem complicada financeira, pois dei um passo maior que a perna e estou fazendo de tudo para reduzir os impactos e ter lucro real.

      Eu digo que depois desta pensarei duas vezes antes de arriscar meu capital acima do meu limite, eu ultrapassei o limite maximo e da diversificacao neste caso do lote e estou penando pra conseguir colocar as coisas nos trilhos apos os atrasos no recebimento.

      Abraçao

      Excluir
  3. Olá VDC,

    É bom sempre refletir sobre a nossa vida.

    O dinheiro muda algumas pessoas, mas acredito que na maioria as pessoas só revelam o que elas já eram antes de ter dinheiro.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola CI,

      Verdade. Acho que o dinheiro e poder maximizam aquilo que a pessoa ja é.

      Eu quero permanecer sendo uma boa pessoa, logo estou repensando algumas das minhas atitudes.

      Abraçao

      Excluir
  4. Fala VdC, fazia um tempo que não aparecia por aqui, fico feliz que você está bem e tocando seus negócios com toda disposição. É o "VDC sangue nos olhos da IF".

    Lembre-se: can't see the haters

    Vou ser chato e depois te pago os royalties, se puder dá uma força para o Francke Peixoto ele tem uma página no facebook: Fala FII e esta desenvolvendo um app grátis Plantão FII que é algo muito bom para nós investidores desse produto.

    O cara é super gente boa, de rara dignidade pessoal e com muito conhecimento.

    Abraços,
    Anônimo Dono de Motel, Hotel, Churrascaria, agora sócio em balada, entre outros negócios
    "Prosperando negócios e indivíduos".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Anon,

      Sim, continuo na raça focando em aporte, mas esta jogada do lote acho que foi pessima: Tirei dinheiro do que era bom pra investir no que se tornou ruim em busca de lucro rapido.

      Agora estou ai recebendo pingado e com um lote que eu nao preciso e que nao quero.

      Vou dar uma olhada no canal citado, em breve vou mudar meu blog e terei um email de contato.

      Abraçao

      Excluir
  5. Então VDC, ainda bem que essas operações mais arriscadas te levaram a pensar mais sobre o "big picture".

    Dei o maior valor à questão da compra do lote, só não curti como foi estruturada, e o fato de você ter contado de certeza com o dinheiro em pouco tempo. Sou partidário de que todo mundo tem que ter uma quantidade razoável de valor em liquidez, até pra possibilitar compra de ativos como a que você fez.

    Não sei se é devido à área que trabalho, na qual já levei calotes de vários entes e pessoas consideradas fontes pagadoras confiáveis, mas só confio em dinheiro a receber numa situação: depois que está na minha conta.


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo Daniel.

      Eu contei com os ovos antes de serem produzidos pela galinha ... Esta é a verdade.

      A minha analise de risco bloqueou a oferta, mas o coraçao mole e a ambiçao de ganhar 10% em poucas semanas falaram mais alto.

      Agora estou resolvendo este problema aos poucos, mas tomei algumas atitudes e tive uma dia de discussoes via whatsapp e telefone que me deixaram tristes comigo mesmo: A que ponto cheguei? Fazer isto? É esta a inteligencia financeira que me orgulho dizer aqui no blog?

      Fui ajudar e ser ajudado, agora estou tendo prejuizos com capital parado e lutando pra receber, pois nao posso vender o lote e ha muita oferta a venda tambem, o que dificultaria.

      Abraçao e grato pelas dicas

      Excluir
  6. Parabéns, só a passagem no seu post que mostra compaixão com quem perdeu o imóvel é um valor que não tem como medir !! Eu estou vendo vários leilões e quero comprar um imóvel, já pensei igual a você, de comprar ocupado e tocar o terror, mas não é assim que funciona, se tiver ocupado, dos males o menor, via justiça, sem querer humilhar ou desmerecer os antigos donos.

    Sua Sorte é que você não encontrou ninguém habitando o imóvel, leve isso como um aviso, talvez agora deu certo e Deus fez você refletir sobre isso, talvez se fizer de novo não tenha tanta sorte assim !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Anon,

      Acho que foi isto mesmo, tive sorte (Deus ajudou), mas foi bom ter esta reflexao, pois este desejo de ficar rico e atingir a IF nao pode ser maior que meus principios.

      Ficar brigando, cobrando, tirando satisfaçao, ameaçando, nao é algo que quero para a minha vida.

      Melhor crescer como sempre fiz, aos poucos.

      Abraçao

      Excluir
  7. Respostas
    1. Valeu Vidinho,

      As vezes precisamos parar e repensar as nossas atitudes e as açoes que estamos fazendo.

      Abraçao

      Excluir
  8. Estou sonhando ou a poupança está 0,43%!!!!!

    Que é isso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Anon,

      Ultima vez que olhei era 0,47%, mas teve uma nova queda da selic ne?

      Pois é, ta complicado, melhor buscar outras aplicaçoes.

      Abraçao

      Excluir
  9. VdC,

    Acompanho seu blog há muito tempo, gosto muito do conteúdo.

    Mas vc só tá tendo essa reflexão porque chegou lá e não tinha ninguém, daí quer pagar de bonzinho e de Deus. Me poupe. Se tivesse gente morando dentro, com certeza já teria um post aqui falando da sua experiência, e como VOCÊ tava tendo que se esforçar no SEU pouco e corridíssimo tempo pra tirar o vagabundo que estaria impedindo VOCÊ de lucrar o SEU DINHEIRO.
    Não venha enganar os seus leitores como se você tivesse dando a mínima pra isso. Tudo o que vc pensa é dinheiro. Você já mudou (ou talvez sempre tenha sido assim) e não tem como negar isso. Nada demais, não é crime isso, agora vir e postar sobre valores, moral, DEUS, depois que deu tudo certo? Achei horrível.

    Eu só espero que de fato isso tenha ajudado você a refletir um pouco e que mude um pouco sua mentalidade com o dinheiro, que me parece um pouco doentia às vezes. Ao contrário do que possa parecer, eu torço muito por você e quero que você consiga atingir suas metas, mas... dá uma manerada aí..

    Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon,

      Mas o ponto é exatamente este: Eu nao quero me tornar este VDC, o cara que faz tudo para ter lucro rapido, passando por cima de pessoas, ameaçando, estressando e querendo cair na porrada.

      Nao é isto.

      E te falo que a reflexao maior foi a do lote, pois acabei brigando com uma pessoa conhecida por este atraso no cumprimento das clausulas do contrato.

      Nao vale a pena ...

      Abraçao

      Excluir
    2. VdC,

      Espero com sinceridade que você realmente tenha mudado pra sempre sua mentalidade a respeito do dinheiro. Não vale a pena passar por cima de tudo pra poder lucrar, temos que impor limites. O Bastter teu uma frase legal "se o dinheiro for o seu Deus, sua vida será um inferno".

      Abraço!

      Excluir
    3. Com certeza amigo.

      E eu estava pensando em dinheiro acima de tudo ...

      Abraçao

      Excluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares