Total de visualizações de página

sábado, 21 de outubro de 2017

O Primeiro Contato com o Imóvel Novo + Planos de Venda ...

.
.

Bom dia Senhores do Milhão. A Luta Continua!

O primeiro contato com o Novo Imóvel adquirido ...

Eu escrevi uns três parágrafos criticando meu Trabalho, mas pensando melhor, apaguei: Vou focar minha vida em coisas boas. Trabalho é um meio para que eu consiga executar meus planos, até o momento onde eu possa migrar definitivamente para meus investimentos como nova função, e priorizarei meus investimentos à meu Trabalho.

Hoje foi o dia em que tomei a posse de meu Novo Imóvel.

Deus me abençoou, e meu pai me ajudou muito apoiando esta ideia maluca de comprar este Novo Imóvel.

Mesmo ainda sendo muito recente, estou obtendo um conhecimento incrível sobre Leilões, e parte disso registrarei aqui no blog.

Estava agendado hoje às 09:00 com um Chaveiro a abertura da porta do Novo Imóvel ...

Tudo caminhava para ser um dia lindo, de muita alegria e felicidade ...

Eu já realizei meu cadastro no condomínio e posso adentrar com meu veículo e estacionar na minha vaga coberta, acessando a garagem do prédio. Recebi uma plaquinha e um adesivo de identificação.

Chegamos acompanhados do Chaveiro, em algumas cidades também conhecido como “Chaveco”.


Não, não se trata disto, na verdade é isto aqui:


A primeira coisa a ser realizada: A abertura da caixa destinada a correspondências ...

Aqui meu coração gelou: Além de várias propagandas, notei algumas cartas recentes para duas pessoas (provavelmente casal) que eram desconhecidas por mim, ou seja, nomes que não constavam na Matrícula do Imóvel, provavelmente de inquilinos de aluguel mesmo ...

Já fiquei preocupado e ansioso ...

Finalizando esta parte, fomos direto ao imóvel, e aí começou aquela luta para a abertura da fechadura.

Acredito que o Chaveiro levou em torno de uns 30 minutos para conseguir abrir ...

A ansiedade e preocupação, o barulho do Chaveiro forçando a fechadura e porta, minha cabeça ficou imaginando mil coisas, pensei que os vizinhos poderiam chamar a polícia, eu seria preso mesmo apresentando os documentos, fiquei meio apavorado ...

Vai dar merda ...
Felizmente, a porta foi aberta, e aí a preocupação foi embora ... Gastei entre R$ 100,00 a R$ 150,00 nesta brincadeira e chaves novas, devidamente contabilizados na minha Planilha de Custos.

Não havia nada ...

Nada mesmo ...

O Novo Imóvel não possui armários nos quartos.

O Novo Imóvel não possui armário na cozinha.

O Novo Imóvel não possui armário na área de serviço.

O Novo Imóvel não possui box no banheiro.

.
.

Porém, ele já possui aquele negócio do teto de colocar as lâmpadas, esqueci o nome agora, mas isto já evita ter que chamar um Eletricista para a colocação.

Havia uma carta em pedaços dentro da sala, um pouco de poeira, principalmente na cozinha.

Não havia tapete na porta ... Levaram isto com muita raiva eu acho.

Este pedaço de carta rasgado me fez pensar que a pessoa já rasgou puta da vida e deixou lá, no momento de saída do Novo Imóvel.

Praticamente me tornei um especialista em Investigação ...


Tirando isto, tudo funcionando.

Água, sem sinal de vazamentos, goteiras, nem nada.

Tirei várias fotos ... Da entrada, da garagem, de cada pedaço.

Gostei muito da localização, da vista, e de outros detalhes que não cabem aqui.

Acredito que em menos de 1 mês já colocarei a venda o Novo Imóvel.

Check-List da Reforma:

Primeiramente terei que retirar a sujeira mais grossa, a próxima vez que for lá (provavelmente hoje ou amanhã) eu mesmo levarei um balde, um pano, vassoura e rodo, para tentar limpar o pó que agarra nos pés.

Após, contratarei uma faxineira para uma limpeza boa mesmo.

Posteriormente, pintura: O inquilino furou a parede, há uns 8 furos de prego, e a pintura resolverá (incluindo gesso).

No banheiro, meu pai sugeriu repassar um rejunte, pois o mesmo saiu em algumas cerâmicas.

Eu sugeriria trocar as torneiras, mas meu pai disse que não é necessário. Por enquanto, não trocarei.

Discutirei com um corretor de imóveis para entender se vale a pena colocar o Box e Armários para a venda, ou se é melhor deixar o preço bem mais baixo desconsiderando estes itens (devo ir por este caminho – O menor trabalho possível e preço baixo para vender rápido).

Penso que só para fazer algo bom nesta parte acima eu dispenderia R$ 20.000,00. Não faz sentido se quero lucrar rápido.

Paralelo a tudo isto, contratarei nesta próxima semana um despachante que fará todos os trâmites para a transferência do Novo Imóvel para meu nome.

O motivo?

Tempo!

Sempre aquilo que reclamo.

Não dá para ficar todo dia saindo cedo da porcaria do Trabalho para resolver isto, e é por isto que a cada dia eu penso menos em Carreira e esta baboseira toda, pois tenho conseguido fazer mais dinheiro aplicando meu Capital do que sonhando com uma Promoção que nunca chega, mesmo com muito esforço de minha parte.

Quem me promove sou eu mesmo ...

O único ponto ruim da compra do Novo Imóvel até agora foi reduzir em R$ 1.000,00 e pouco a minha Renda Passiva Mensal, porém, tenho uma previsão de lucro bastante interessante e que nenhuma Renda Fixa pagaria ...

Este mês ainda contabilizarei o Novo Imóvel sendo o valor pago, mas mês que vem já imagino a “treta cabulosa” quando eu colocar o “Preço de Venda – Impostos – Taxa do Giro de Patrimônio”.


Para os leitores sérios e honrados, apenas uma consideração: Na minha estratégia não faz diferença alguma errar R$ 10.000,00 a mais ou a menos. Eu contabilizo aquilo que eu consegui fazer com todo meu esforço e do zero, se eu tiver que conceder descontos acima do esperado para a venda, eu concedo e reavalio meu Patrimônio, e isto me guia para saber se estou fazendo ele crescer ou não.

.
.

Ficar contabilizando até os centavos do preço de Ação  não é muito meu estilo de gestão ...

E eu sei bem quanto custa o metro quadrado de um imóvel, eu só construo ou compro em regiões que conheço muito bem, logo, não adianta falar que é índice X, Y ou Z, eu incluirei (e logicamente não detalharei) os valores brutos, e não detalhados.

Eu não participo de rankings e não faz sentido não poder contabilizar aquilo que eu sei a média do valor: Imóvel.

Imóveis são meu porto seguro ...

E continuarei investindo neles.

Já estou ansioso pelo próximo leilão, e mais ainda para colocar a plaquinha de ‘Vende-se’ com um excelente desconto ...

Planos de Venda?

Ah ... Deixa para o próximo post!

Um abraço,

.
.

VDI – VIVER DE IMÓVEIS

22 comentários:

  1. otimos Pots, acompanhando o andamento do imóvel do leilão, está muito interessante

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grato Dil,

      Estou aprendendo e apanhando, ate agora tudo indo bem, porem sei que mais ha mais riscos (a resposta do Soul abaixo descreve bem isto).

      Abraçao

      Excluir
  2. Viver de Construção,
    O que você fez é extremamente arriscado. Talvez não resulte em nenhuma consequência jurídica, porque talvez o ex-mutuário simplesmente tenha desistido mesmo do imóvel e de qualquer questionamento judicial.
    Se eu fosse um advogado, soubesse da situação, e conhecesse o ex-mutuário, a sua situação jurídica poderia se fragilizar ao extremo.
    Primeiramente, a escritura pública não foi nem levada a registro, você não é juridicamente o dono desse imóvel.
    Em segundo lugar, em situações de leilão (ou compra direta) de alienação fiduciária, o proprietário do bem não tem a posse direta, mas sim a posse indireta. Assim como o Banco quando consolida a propriedade não pode simplesmente tomar posse do imóvel sem uma ordem judicial, o mesmo raciocínio se aplica a quem arremata em leilão, mesmo que o imóvel esteja desocupado.
    O primeiro imóvel que arrematei (há mais de cinco anos) estava na mesmíssima condição que este que você descreveu. Eu arrematei com um grande amigo meu, sócio de um dos maiores escritórios da cidade. Ele teve a ideia de fazer a mesma coisa que você, eu disse para ele não fazer de maneira nenhuma, e ele depois de conversar com outros sócios do escritório foi convencido do mesmo. Ainda bem que não o fez, pois logo depois o ex-mutuário entrou com uma ação na justiça tentando anular o leilão.
    Como o proprietário (seja o banco, ou quem comprou do banco) não tem a posse direta, a única maneira possível é ajuizar demanda de imissão de posse, e com uma ordem judicial tomar a posse direta do imóvel. A outra (e foi o que fiz no primeiro leilão) é fazer um acordo com o ex-proprietário.
    Provavelmente, nada irá acontecer e o ex-mutuário talvez tenha esquecido de tudo. Porém, você se colocou numa situação jurídica frágil. Se quiser realmente mexer com imóveis de leilão e tomar decisões dessa sem conhecimento, consulte pelo menos um advogado antes, e não faça em outras ocasiões. Essa pode passar sem problemas, uma outra talvez, mas pode chegar uma vez que você pode realmente se complicar.
    Se fosse você, também, tendo em vista esse seu ato, manteria tudo muito low profile, seja com vizinhos, seja com quem que seja.
    Um abraço colega e boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Soul,

      Agradeço enormemente o seu tempo em me ajudar.

      Apenas um vizinho do imovel ficou sabendo, ate por que eu teria que saber se havia ou nao morador, e o sindico / administradora, por eu precisar da documentacao pra regularizar.

      O imovel permanecerá vazio, a entrada na escritura se dará já nesta segunda feira (de fato nao sabia este risco, vou salvar este post e sua resposta pra manter em mente sempre).

      Pelo que entendi o imovel esta vazio ja ha bastante tempo, entao acho que terei esta sorte citada, porem ficarei atento e manter o minimo de pessoas cientes do tipo da negociaçao.

      Ate a semana anterior nao constava nenhuma açao do ex mutuario contra a Caixa, consultei e confirmei apos obter os dados do ex-mutuario ... Aparentemente ele simplesmente parou de pagar e desistiu do imovel.

      É um risco, mas até agora graças a Deus tudo dando certo, mas sei que é mais por sorte.

      Sua dica tambem me fez ver que mesmo neste caso era importante ter a assessoria juridica avaliando ... Nao sabia, pra mim seria um caso simples por ja estar vazio.

      Muito grato de coraçao pela sua ajuda Soul, serei mais um leitor de sua obra.

      Abraçao.

      Excluir
    2. VR,
      "Ate a semana anterior nao constava nenhuma açao do ex mutuario contra a Caixa, consultei e confirmei apos obter os dados do ex-mutuario ... Aparentemente ele simplesmente parou de pagar e desistiu do imovel."
      Sim, é muito provável que isso tenha acontecido. Não são todos que querem ficar discutindo com o Banco, até porque isso tem custos com advogados, emocionais, etc.
      Se a caixa te vendeu um imóvel onde no edital consta"desocupado", problema da Caixa, se não tiver. No caso onde os imóveis são leiloados como "desocupado", muito provavelmente o ex-proprietário foi ao banco, entregou as chaves dos imóveis e assinou um termo de entrega de chaves (isso é o que deve ser feito do ponto de vista formal e jurídico). Com esse documento pode se comprovar que o devedor abriu mão da posse direta do imóvel.
      Agora, se o imóvel foi vendido (leiloado) como ocupado, isso é um indício forte que isso não ocorreu. Por mais que o imóvel possa estar desocupado de fato, juridicamente a posse direta continua com o ex-proprietário. Pense que você tenha um imóvel em Manaus, que não tem imóveis e você nunca foi, não é porque não tem ninguém lá, que você não possui a posse direta do mesmo.
      Por mim, soluções como essas que você fez são mais práticas, eficientes e às vezes "mais justas". Porém, quando se fala do que pode ou não na legislação brasileira, a coisa não é tão simples.
      Enfim, já foi feito, muito provavelmente nada irá acontecer, a pessoa como você disse parou de pagar e desistiu do imóvel.
      Mas, repito para você repensar esse tipo de atitude em outras operações (porque desejo que tudo saia bem, e você possa fazer mais operações com bom potencial) e se tiver dúvida antes de fazer um ato desses consulte um advogado.
      Um abraço VC!

      Excluir
    3. Excelente amigo Soul, sem palavras para lhe agradecer esta aula concedida.

      Na primeira vez que fiz um trade na Bolsa de Valores ganhei uma boa grana. Na segunda, terceira, quarta, so prejuizos.

      Isto me alerta de que nao devo me considerae já um "especialista" e achar que sera tudo tao simples.

      Terei que ser ainda mais detalhista e contar com a ajuda juridica desde o inicio.

      O que complicou Soul foi que para qualquer consulta eu ja teria que desembolsar valores consideraveis, sem a garantia de que encontraria um imovel bom para a venda.

      Avaliei uns 10 para encontrar 2 que valeriam a pena, sendo um deles ocupado pela confirmaçao visual que fiz e o outro achei que estaria, mas nao estava (por sorte).

      Juro que entrei na operaçao pensando em 1 a 2 anos de justiça para depois vender, mas fui sorteado ... Fui meio ansioso e fiz o que achava certo (mas voce bem explicou que aos olhos da justiça nao é bem assim, corretamente).

      Valeu Soul, se eu tiver 30% do seu sucesso ja estarei feliz haha.

      Abraçao

      Excluir
  3. Parabens! Ainda bem que a posse do imóvel foi sem trumas!

    Sucesso!

    ps: me coloca ai no seu blogroll
    https://senhorbufunfa.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ate agora graças a Deus foi sim SB, porem so ficarei tranquilo mesmo apos registrar o imovel, e isto ainda demorará alguns dias.

      Add,

      Abraçao

      Excluir
  4. Muita sorte achar o imóvel vazio. Isso provavelmente vai lhe poupar milhares de reais.
    Lembre, a cozinha e o banheiro quase sempre vendem a casa. As vezes vale a pena colocar uma graninha nisso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CF,

      Realmente foi MUITA sorte, tenho que ser sincero.

      Agora vou correr para regularizar a documentacao e o registro do imovel,e apos pensarei na venda ... Um passo de cada vez.

      Comecei com o pé direito, porem de olho, qualquer zebra ja tenho um escritorio de advogados especialista pra ajudar (sem morador acabei nao acionando eles, eu iria entrar com a açao de negociaçao ou posse, mas nao tinha morador).

      Abraçao

      Excluir
  5. Ae VDC!

    Legal hein! Parabéns mais uma vez pela aquisição! Boa sorte ai!

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. II,

      Só alegria mais um imovel.

      Estou naquele momento gostoso que da vontade de ir la varias vezes so pra ver.

      O imovel é bom, mas ficarei morando no meu mesmo rs.

      Abraçao

      Excluir
  6. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nao é permitido propagandas.

      Ate ri da politica diabetica, porem nao posso deixar seu comentario Anon.

      Valeu

      Excluir
  7. Parabéns pela aquisição VDC,

    Tomara que dê tudo certo.

    Abraços.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  9. Parabéns VDC !Tenho certeza que terá sucesso nesse novo negócio.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigado JC,

      Postarei tudo aqui pra animar quem quiser negociar na modalidade.

      Abraçao

      Excluir
  10. Que sorte, em VDC!

    Valeu por compartilhar e valeu também ao Soul por dar tantas informações importantes.
    Realmente, em leilão parece ter muitos detalhes que necessitam de análises.

    Ansioso pelo livro do Soul!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma verdadeira aula do Soul.

      Ja valeu 10 meses de postagem este aprendizado passado por ele kkk.

      Abraçao, teremos mais posts sobre o andamento.

      Excluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares