Total de visualizações de página

terça-feira, 31 de janeiro de 2017

Como Enriquecer

Boa tarde Senhores do Milhão. A Luta Continua!



Eu não poderia perder este meu raciocínio, no meio do expediente no trabalho, após abrir a página de Fundos Imobiliários da Infomoney (sim, eu não deveria, mas olho os destaques de alta e baixa dos Fundos Imobiliários), e um especificamente me chamou a atenção: BPFFBrasil Plural Absoluto Fundo de Fundos.

Aqui, você sabe: NÃO SOMOS GÊNIOS FINANCEIROS. Somos povão, somos batalhadores, não lemos livros de Ações com mil teorias, não usamos a teoria de tentar comprar empresas com valor inferior na renda variável (não somos o Buffet, nem o Barsi, nem ninguém: Somos simples). Usamos o feijão com arroz, o básico do básico: Comprar o que é bom, esquecer do preço, esperar o tempo necessário e enriquecer.

Eu não sou suficientemente inteligente e genial ao ponto de saber investir nesta sopa de letrinhas que o pessoal inventa, então eu sigo o que eu sei mesmo e escrevo aqui na simplicidade, pois eu sou simples, como você que esta lendo esta postagem e não tem tempo ou paciência para ler mil e um livros de investimentos geniais.



Pare tudo o que você esta fazendo: Se você entender este conceito aqui você vai mudar sua vida financeira!


Tá bom Viver de Construção, o que é que tem de tão interessante neste gráfico aí?

Resumindo, o BPFF sempre foi uma porcaria de Fundo Imobiliário. Note que não houve crescimento patrimonial (a cota em 2013 estava em R$ 95,13, hoje esta quase chegando a R$ 90,00), ou resumindo, a sua situação considerando o preço adquirido é igual a prejuízo.

Só nesta parte 90% dos investidores já perderam o interesse pela postagem, pois eu disse a palavra prejuízo (só olham preço né?).

Mas, o conceito de comprar um ativo gerador de renda não é exatamente que ele gera renda mensal após a compra e eu não venda ele?

Você vai matar a sua vaca leiteira pra fazer um churrasco, se precisa do leite dela? Não. Então siga o raciocínio pensando como se os FIIs fossem a sua vaca e a renda mensal o leite que você tanto precisa.

Acontece que o senhor BPFF, ruinzinho das pernas e considerado péssimo (inclusive eu mesmo fechei posição nele há algumas semanas atrás), de Abril de 2013 para cá, calculando rapidamente gerou R$ 31,71 por cota! Isto mesmo! Em 46 meses (quase 4 anos) gerou R$ 31,71 por cota.



Vamos transformar esta notícia esplêndida em números usando um exemplo hipotético:

Digamos que eu era um investidor burro em Abril de 2013 e comprei BPFF a R$ 95,13, num lote de 100 unidades. Eu investi R$ 9.513,00.

No momento, os meus R$ 9.513,00, olhando exclusivamente a cotação atual (R$ 89,10) se transformaram em R$ 8.910,00, ou um prejuízo de R$ 603,00 (sem incluir inflação).

Mas, se o FII gerou uma renda de R$ 31,71 por cota durante todos estes quase 4 anos, isto significa que meu investimento de R$ 9.513,00 gerou de renda R$ 3.171,00.

A título de curiosidade, se eu não errei as contas que fiz rapidamente se eu aplicasse o mesmo valor em Poupança (sem considerar reinvestimento e juros compostos, por favor) eu teria tido R$ 2.844,39 de rendimentos, menos do que no BPFF “ruinzão”.

E, se eu considerar os rendimentos recebidos – o valor da cota atual, eu estaria  no LUCRO!

O que eu aprendi com toda esta bagunça matemática: O SEGREDO DE ENRIQUECER ESTA NO TEMPO!

Vejam quem, não usei JUROS COMPOSTOS, nosso melhor amigo, e nem citei a nossa regra NÃO GIRAR PATRIMÔNIO.

À partir de hoje, ganhamos um novo amigo do blog: TEMPO.

O TEMPO foi capaz de gerar lucro mesmo sem reinvestimento e sem juros compostos num investimento ruim!

Vocês estão entendendo isto? Putz que descoberta foda!

Vamos a um outro amigo nosso chamado DIVERSIFICAÇÃO.

Digamos que desde 2013 você vem aportando mensalmente, e que acertou na mosca comprando outro FIIs bons como PQDP, SHPH, FCFL, AGCX, SAAG, BBPO, entre outros: Além de estar no lucro com os rendimentos recebidos, você ainda GANHOU AUMENTO PATRIMONIAL.

Veja que o TEMPO corrigiu até o que era ruim, e usando da DIVERSIFICAÇÃO você teria feito seu patrimônio explodir pra cima!

Vou parando por aqui, isto foi demais para a minha cabeça, agora estou entendendo por que meu patrimônio esta disparando mês a mês por intermédio dos Fundos Imobiliários ...

Um abraço e até a próxima postagem!





VDCH – VIVER DE CONTAS E HIPÓTESES

33 comentários:

  1. VDC, é verdade que o tempo é fator primordial nos juros compostos, mas daí a acreditar que qualquer investimento com o tempo te enriquecerá eu já acho exagero. Sei que não foi exatamente isso que você disse, mas o conceito do post é mais ou menos este.

    É falho acreditar que o ativo gerador de renda como os FIIs são potencialmente geradores de renda infinitos. Se fosse assim realmente seria só acumular e esperar (fator tempo & juros compostos), mas o retorno real de um investimento qualquer, gerador de renda ou não, está no cálculo do fluxo de caixa, descontadas as taxas, impostos e a inflação.

    Nem fiz as contas, mas no exemplo do post, aparentemente se você olhar o fluxo de caixa da aplicação de 2013 para cá e descontar estes fatores, aparenta ter ter gerado um retorno (ou não). Estou pegando o exemplo do post, mas isso nem é tão relevante. O mais importante mesmo é o conceito de rentabilidade associado a um fluxo de caixa. Independentemente se é uma ação de crescimento, uma pagadora de dividendos ou um FII, é o fluxo de caixa que irá determinar o retorno.

    A discussão é boa e talvez eu tenha tido uma interpretação errada do post, mas estou escrevendo este comentário como um alerta pois meu entendimento é que você está com erro de conceito.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala EI, tudo bom?

      Então, primeiro, a ideia é justamente trazer esta discussão à tona, principalmente por que eu não sou nenhum gênio, talvez minha lógica esteja errada, e com a discussão poderei melhorar meu pensamento.

      Não quis dizer que todo investimento enriquecerá com o tempo, longe disto, bastaria pegar como ações MILK, OGX, aquela do alicate que esqueci o nome, a própria OIBR e nos FIIs temos alguns exemplos, como o principal e mais recente que é o XTED. A ideia não é esta mesmo, esta correto.

      Neste cálculo que mostrei, não incidiria nenhuma taxa / imposto, seria apenas uma corretagem paga em 2013, e o que o FII gerou ao longo do tempo. Lembre que ainda (e espero que permaneça) FIIs estão isentos de Imposto de Renda p/ PF.

      O que tentei expressar neste texto é: Mesmo num FII considerado ruim, que é o BPFF, que fez inúmeras movimentações erradas, vendeu na baixa, comprou no topo, comprou SPTW que reduziu renda, comprou RGBS e várias outras tranqueiras, ao longo do tempo conseguiu bater a poupança ou pelo menos gerar renda passiva.

      Fazendo estas contas de padeiro eu fiquei surpreso, pois na verdade se um investidor tivesse comprado apenas um lote de 100 BPFF lá em 2013, o investimento não teria sido tão ruim assim, logicamente, pensando que ele se manteve firme e forte e comprou outros FIIs também, como os que citei no texto (Diversificação, não estou dizendo em ter colocado tudo no BPFF).

      O que entendo com este exemplo é: Quando menos se gira o patrimônio, evitando pagar impostos e deixando o tempo agir mesmo, haverá mais chances de aumento de patrimônio. Fazendo isto com aportes maiores e diversificando, comprando bons ativos, aí sim é maior probabilidade de conseguir sair da renda variável como um investidor milionário!

      Abraço

      Excluir
    2. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    3. desculpe pelo "EU" em maiúsculo, não foi minha intenção. Onde se lê "analizada" deveria ser "analisada"

      estou postando o comentário novamente abaixo

      Excluir
    4. VDC,

      Eu não conheço de FII para dizer se este é ruim ou não, mas de fato este investimento não teria sido um desastre. O que quis reforçar no meu comentário é que as vezes a questão da renda passiva gerada dá a impressão que FII é melhor investimento que outros ativos o que não é necessariamente verdade, pois deve ser analisada a rentabilidade total do ativo (proventos e valorização).

      Fiz os cálculos de fluxo de caixa deste ativo nestes 46 meses e a taxa interna de retorno foi de 0,57% ao mês (ou cerca de 7,10% ao ano), portanto mal acompanhou a inflação. Os proventos foram recebidos mensalmente e não reinvestidos. Desconsiderei demais custos (taxas e impostos)

      Outra coisa que concordamos é que girar patrimônio é péssimo, além dos custos, aumentamos o risco de erro na tomada de decisão.

      Abraços

      Excluir
    5. EI,

      Fiz um rapido calculo, achei uma media de 0,69% ao mes nestes 46 meses. Convenhamos que nao esta ruim, principalmente pois nao inserimos juros compostos e reinvestimentos.

      O ideal é nao olhar a rentabilidade, mesmo sendo um fundo ruim gerou um bom caixa mensal, isto para um FII ruim, imagine um bom.

      Abraço

      Excluir
  2. Esse post foi um alívio.
    Eu achava que estava errado em não ligar para os preços da cota (o sobe e desce diário).

    Eu sou adepto ao buy and hold... Que agora é buy and hold and wait hahahaha

    Ótimo post.

    Amanhã é dia 1 e vou postar um balanço do meu primeiro mês... se quiser da uma passada por lá...

    abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola MP,

      Eu custei e ainda me ensino todos os dias a nao olhar preço e muito menos rentabilidade, pois no longo prazo a tendencia é voce ter um rendimento que cubra o investido, mesmo em FIIs nao tao bons quanto o BPFF.

      Vou acompanhar seu fechamento, abraço

      Excluir
  3. Boa tarde VdC,

    seu post foi engraçado dessa vez, gostei... mas falando do post, os juros compostos só trabalham aliados ao tempo, não adianta nada achar que terá um bom trabalho em 2 meses, Buy and Hold é o melhor caminho para reles mortais como nós, não devemos nos atentar a preço (obviamente também não podemos ser cegos com valores absurdamente fora), é continuar aportando e deixar os juros compostos e o tempo trabalhar, é uma fórmula que costuma dar muito certo, daqui alguns anos, todos nós estaremos bem porque o principal já temos, consciência financeira!

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola IE,

      Sou prova viva dos juros compostos, tenho visto a atuacao deles no meu portfolio, realmente é algo dificil de se entender e por isto a maioria perde dinheiro na bolsa de valores.

      Na alta, na baixa, temos que continuar aportando, esta correto.

      Abraco

      Excluir
  4. Vale a pena investir em fii na fase de acumulo de capital? Apesar de eu ter uma idade um pouco avançada, tenho 21 anos, nasci em 95, possuo hoje pouco mais de 19k em caixa.

    Com o aporte passo os 20k essa semana ainda. Vamos colocar um aporte de 1,2k como exemplo.

    Fii valoriza o capital e pelo que percebi os dividendos são pagos separados. Na renda fixa acumula tudo no capital.

    Se puder passar sua visão em relação a meu caso, fico grato. Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Anon,

      Antes de tudo, nao havera melhor aporte que investir em seu crescimento profissional, com cursos, faculdade, pos graduacao, ingles e tudo aquilo que lhe faça ter chances de ganhar maior salario.

      Aporte é o que comandara o seu time da riqueza, quanto maior o aporte, melhor.

      FIIs sao otimos geradores de renda e protegem da inflacao com os reajustes contratuais, mas, FIIs sao renda variavel, ha grandes riscos, entao precisa pesquisar muito e saber quais FIIs voce sentira confiança e conforto ao se tornar cotista.

      FIIs de papel sao lastreados em dividas, logo, eu considero FIIs de papel como "renda fixa", logicamente com variacao dos preços no home broker.

      Abraço e sucesso

      Excluir
    2. Então VDC, ano passado terminei minha faculdade. Ouvi pessoas dizendo pra mim não fazer uma pós por exemplo pois o que conta mais pra mim que não quero dar aula seria experiência em campo.

      Excluir
    3. Olá Anon,

      Discordo desta opinião das pessoas. Na verdade uma pós-graduação será muito bem vinda sim, eu sugeriria você investir seu aporte nesta vertente, mas busque uma pós-graduação boa, mas ‘mais em conta’, não precisa pagar de 20 a 40 mil pra 1 ano e pouco de curso não.

      O que concordo com as pessoas citadas é a questão do Mestrado e Doutorado, realmente acho que só vale a pena estes títulos para quem segue a vida acadêmica.

      Faça uma pós!

      Abraço

      Excluir
    4. Me intrometendo no assunto, pós graduação faz certa diferença no mercado de trabalho, sem contar que você pode aliar muito bem uma pós com o trabalho e com isso ganhar "status acadêmico" e experiência.

      Abraços.

      Excluir
  5. VDC,
    Se você considerar que havia a opção de aplicar em Tesouro Selic e esquecer no período, dá para dizer que este fundo não foi uma boa opção porque deu menos retorno com mais risco.
    Concordo que girar a carteira não é uma boa estratégia.

    Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola KB,

      O que me espantou foi saber que mesmo sendo um FII ruim ele conseguiu gerar um pouco mais que a poupança convencional durante estes 46 meses, mesmo com todos os erros do gestor, e isto mostra que o tempo é realmente um amigo do investidor.

      Na verdade nao quis comparar com outros investimentos, foquei bo BPFF mesmo, mas, se um investidor tivesse investido em outros FIIs e no TD alem do BPFF, teria conseguido mesmo com o BPFF bons resultados pelo tempo exposto.

      Abraço

      Excluir
  6. VDC, não tenho como analisar o que renderia se os alugueis fossem reinvestidos, mas somando R$8.910,00 do valor atual das cotas com R$3.171,00 dos proventos temos R$12.081,00, a subtrair do valor da taxa de custódia desde Abril de 2013. Se na data da análise os R$9.513,00 fossem aplicados à taxa SELIC teríamos em 31/01/2017 R$14.579,44. Mesmo se fosse reinvestido acho difícil superar o CDI no período. Entendo que o que vale é o leite da vaca ou os ovos da galinha, mas o gado engordando no pasto ainda me parece mais interessante e menos trabalhoso hehe.

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Olá Guilherme,

      A ideia nem foi muito comparar rentabilidade com outros investimentos, foi mais para mostrar que até um investimento dito ‘ruim’ com o tempo gerou algum resultado positivo sim.

      Vou começar a usar estas parábolas kkk, esta do ovo, do leite, da galinha e do gado representam bem o modo simplista de investimento que levo kkk

      Abraço

      Excluir
  7. BPFF é um fundo ruim? Realmente não entendo absolutamente nada de FIIs, é o único que possuo e o primeiro que comprei. Uma merreca só pra entender como o negócio funciona (Skin in The Game do Taleb).

    Acho que preciso estudar mais...

    Abraços,

    IOTR

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IOTR,

      Não é dos melhores não, basta ver as movimentações sem pé / nem cabeça realizadas por eles, comprando SPTW, RGBS, se entupindo de FIIs da própria “casa” deles pra segurar cotação, mas, querendo ou não, gerou alguma coisa, pra quem diversificou e tinha parte em BPFF não perdeu, conseguiu obter renda mensal sim durante estes quase 4 anos.

      Fundos de fundos são como ETF em comparação às ações, você paga pela gestão deles de compra e venda. Quando se começa a entender melhor, você naturalmente fecha posição em fundos de fundos e passa a comprar você mesmo.

      Abraço

      Excluir
  8. E olha que esse resultado ocorreu num período péssimo para investimentos no setor imobiliário... Melhores resultados virão... De qq forma, discordo da regra (fixa) de não girar patrimônio. Sou contra realizar movimentos de forma exagerada. Mas uma gestão ativa da carteira também é um grande impulsionador de seus resultados... Mas no fim das contas vc está certo. O tempo é um dos principais fatores para a acumulação de capital.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IR,

      Exato, isto também me deixou surpreso mesmo.

      Buy & Hold é diferente de Buy & Forget. Eu sempre faço algumas alterações pontuais, mas FII é igual time de futebol: Vc até mexe uma ou outra peça, mas a base do time deve ser mantida, a não ser que você esteja indo para o rebaixamento pra ter que trocar tudo.

      Comprar e ficar revendendo, compra pq caiu, revende pq subiu, não leva a nada, só a impostos e prejuízos (ser trader = ser profissional dedicado, não dá pra brincar de ser trader).

      O ideal é: Se o ativo é bom, deixe o máximo de tempo seu dinheiro exposto e inalterado.

      Abraço

      Excluir
  9. E aí VDC? Já tem um tempo que acompanho seu blog,mas nunca comentei. Pra quem não sabe NADA de FIIs, por onde devo começar? Eu só encontro algumas informações soltas em blogs e sites por aí. Mas ainda estou totalmente perdido rs. Se puder me ajudar. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anon,

      Eu aprendi pesquisando mesmo, lendo o que encontrava na internet, os cursos que vi de FII são muito fracos, tanto que nem coloquei aqui no blog pra divulgar e ganhar por venda como afiliado.

      Dicas: Use o site do Tetzner pra ver a descrição e imagens do FII (desconsidere participar do fórum, vai perder dinheiro se seguir o gira gira de patrimônio dos foristas de lá). Site do Bastter tem algumas informações excassas. Site FIIs (.com.br) para acompanhar o que esta ocorrendo e ter acesso aos relatórios gerenciais, mensais e outras informações dos Fundos, e por último o site da Bovespa.

      O site ClubeFII também tem algumas discussões mais técnicas, mas tem que saber filtrar o que usa, tem muita gente que fala bobagem.

      Abraço

      Excluir
    2. Muito obrigado por responder... Vou seguir seus conselhos. Abraço

      Excluir
  10. Vdc

    Nesta análise sua vc não considerou a inflação. De 2013 até hoje o negócio foi feio. Trazendo a cotação de 2013 pra valor presente seria 121,00. Tirando os 31 que distribuiu sairia quase elas por elas. Não rendeu quase nada. A inflação eh fogo meu amigo! Leve sempre em consideração
    Abraço.
    PS apague por favor o comentário meu anterior

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anon,

      Realmente, não calculei com inflação. Desculpe só responder agora, mas apaguei seu comentário já, isto é sempre prioridade, pois as vezes algum colega pode errar.

      Mas, de qualquer forma, mesmo sendo um investimento 'ruim', gerou alguma coisa (melhor que nada), e foi isto que eu quis dizer no texto.

      Um abraço

      Excluir
  11. Cara vc ta usando qual corretora?So ta comprando FII ou compra ações tb??
    Abraço
    Baiano

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Baiano,

      Uso a Socopa, corretagem grátis em FIIs.

      Compro somente FIIs, ações no momento não tenho e não pretendo voltar a ter, talvez uma ou duas que acho boas empresas, mas por enquanto só FIIs mesmo.

      Abraço

      Excluir
  12. Opa vdc!

    Fiis não dá pra olhar só o valor das cotas.
    O retorno de um investimento em fiis é o resultado da variação do preço da cota + os proventos recebidos.

    E também quem compra fiis deve saber que o potencial de valorizacao da cota é pequeno em relacão a ações pois um imóvel é limitado no tamanho e na renda que ele gera, se tiver 100% ocupado chegou no máximo do valor que pode gerar.

    Pra crescer o patrimônio com fiis, somente comprando mais fiis e reinvestindo todos os proventos.

    Eu tenho esse BPFF e estou satisfeito, a função é apenas receber um fluxo de caixa mensal mais ou menos previsível. Nunca nem olhei pra onde a cota foi depois que comprei.

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Frugal,

      Exato, não é apenas o valor da cota mesmo, concordo.

      O conceito de FIIs esta correto, mas até por ter potencial de valorização menor, em contrapartida temos um risco menor de desvalorização comparado às ações (não querendo dizer se um é melhor que o outro, que fique claro rs).

      Seu pensamento de não olhar a variação da cota esta correto, o importante é o montante, não apenas um FII específico.

      Abraço

      Excluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares