Total de visualizações de página

sábado, 15 de abril de 2017

Carro de Aportador X Carro do Esbanjador? E o Time Uber?

.
.

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

.
.

Hoje os protagonistas da postagem são vocês!

Apenas um comentário, o blogueiro e amigo Lyrical Master nos brindou com um excelente post sobre a redução de receitas de Youtubers. Vale a pena conferir: http://liricomestre.blogspot.com.br/2017/04/you-tube-por-enquanto-dificulta-o-sonho.html.

Comentários liberados!

Carro de Aportador ou Carro do Esbanjador?

Estava brincando com alguns amigos falando sobre, e achei legal criar uma postagem!

Eu já dei a minha opinião: Pra mim, eu sou favorável a liberdade de ir e vir que o carro propicia. Se eu começasse do zero, com certeza teria sim veículo! Claro, econômico e que gastasse menos combustível, peças de reposição, um usado com certeza em bom estado.

E neste quesito, não tem carro melhor que UNO MILLE e GOL G3 (ou G2 / Bolinha). É a nata da economia!

Mas, por outro lado, sempre presenciei os esbanjadores, também conhecidos como CARPE DIEM (viva tudo agora e que se dane o futuro) que buscam dois veículos muito conhecidos, pelo menos onde eu moro é assim: CIVIC e GOLF!

Qual é a sua escolha e o que acha disto?

CARRO DE APORTADOR:


.
.


CARRO DE ESBANJADOR


.
.


Ou UBER?


.
.

Quero ver o que vocês pensam ...

Abraço e excelente Sábado a todos!

.
.

VDC – VIVER DE CARRO

49 comentários:

  1. Grande VDC! Como sou adepto do "simples é mais", claro que optarei sempre por um carro de aportador. Inclusive o meu carro hoje ele esta comigo ha pelo menos 5 anos, muito bom e me leva a todos os lugares como qualquer outro carro. É sabido que para ter um carro popular e com a quilometragem já um pouco alta é preciso fazer manutenção preventiva claro. Com certeza as pessoas mais próximas sempre falam: "Pow, fulano de tal poderia ter um carro mais novo". Mas como todos nós sabemos, o mais importante é o seu bem estar em casa e não ficar mostrando na rua o que você pode ou não ter. Conheço muita gente que anda de carrão e dorme no sofá com um calor de 40 graus em casa. E também outros que só colocar 10 reais de gasolina. Tudo isso para manter a matrix em funcionamento.

    Forte abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Marujo,

      Eu já fui #TeamStatus, hoje até tenho um carrinho melhor, mas na época de formar a renda e patrimonio eu foquei mesmo nos pé de boi, ou seja, carros economicos.

      Conheço eeste tipo de gente também ... Vivem de status.

      Não tem nem móvel em casa, mas anda de SUV.

      Somos certos em sermos poupadores e vivermos tranquilos, de forma honesta e simples.

      Abração

      Excluir
  2. Na ponta do lápis o UBER ganha disparado. Uma verdadeira revolução no transporte urbano.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Depende de cada um PP, mas, pra quem mora bem localizado (centro), vale a pena mesmo ...

      Abração

      Excluir
  3. Decidi comprar um carro (de aportador) daqui a uns 3 meses. Acho que finalmente chegou a hora de deixar de andar a pé e de transporte público.

    Pretendo pegar um modelo popular de 2 lugares, que aqui adaptam a parte de trás para carregar carga.

    Vai ser útil pra trabalho, mas também pra fazer viagens curtas aos sítios históricos da região.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah legal hein CF,
      gostei!

      Na Europa é mais caro manter um carro, nem todo lugar pode ir de carro, mas, se vai te ajudar, mete bronca.

      Pelo menos as estradas ai sao tranquilas rs.

      abração

      Excluir
  4. vendi meu carro para comprar uma moto e poupar..foi uma das melhores coisas que fiz.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vet,

      só toma cuidado com o transito. Acidente de moto é complicado.

      Mas, na economia, motos dao de 10 x 0 mesmo ...

      Abração

      Excluir
  5. Nunca fiz os cálculos mas acho que o melhor de todo é o Carro de aportador. Com o tempo a gente vai evoluindo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pra começa tem que ser carro de aportador mesmo, se nao, nao terá aporte rs.

      Eu comecei com carro de aportador, e agora tenho um melhorzinho (nao no nivel do civic mas tenho rs).

      Abraçõ

      Excluir
  6. Só procurem não bater essas latas velhas. Acho que a pessoa tem que comprar um 0km MELHOR que pode arcar, principalmente os mais seguros, não necessariamente o mais caro. Usado nem pensar, pois foi um brasileiro que usou antes. E não economizar com manutenção e pneus, principalmente quem pega estrada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala R1,

      Ta sumido! Volta com o blog amigo!

      Da pra conseguir uma boa manutenção R1, numa oficina boa. Comprar um usado com baixa quilometragem, olhando pelo chassi que nunca foi batido e com uma oficina de confiança, vale a pena.

      Mas, um carro zero KM, de fato, traz conforto e tranquilidade.

      Depende de cada um mesmo.

      Abração

      Excluir
  7. A resposta, a meu ver, é: depende. Começar a vida com um carrão realmente é sem lógica. Mas alguém que viaja muito, trabalha em várias cidades, não dá pra levar a vida de Uno quadrado, sem alguns recursos mínimos.

    Meu primeiro carro foi um Gol desses g3, bem usado já. Ótima opção para 1o carro. Acho muito legal a turma que se vira sem carro, mas para algumas modalidades de trabalho, é quase impossível viver na dupla uber + transporte público.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Daniel,

      Isto mesmo. esqueci de mencionar que o post era mais voltado pra quem esta começando.

      Eu agora nao aguento mais carro pe de boi, sem ar condicionado .. Ja se foi o tempo ...

      Mas pra quem esta começando, a liçao mais valiosa é: Não vá financiar um Civic de 50 mil ...

      Abração

      Excluir
  8. VdC,

    já tive carro, um Voyage que atendia muito bem minhas necessidades, mas como mudei de cidade e aonde moro atualmente não necessito de carro vendi sem dó e ando de ônibus/metrô/bike e quando necessário Taxi/Uber/Cabfy (este último é concorrente do Uber e direto rola algum desconto).

    Planejo em comprar uma moto para viagens curtas, mas é um projeto de um ano para tirar a carteira e comprá-la. Porém, se eu fosse comprar um carro hoje provavelmente seria um Honda Fit, carro confortável, seguro e econômico só não tem uma manutenção muito barata (troca de peças), mas cuidando bem é um carro que dá pouca dor de cabeça.

    Abraços,
    Cauchy Investidor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Cauchy,

      Cakify é bom mesmo. Usei uma vez, gostei.

      Olha, a maioria aqui falou bem do honda fit.

      Boa ideia a da moto.

      Abração

      Excluir
  9. Um amigo meu mora em SP capital.
    Roubaram o carro dele de 100k e o seguro pagou pra ele.
    Ele investiu o dinheiro na RF, só anda agora de taxi, uber, metrô e tá feliz da vida.
    Se livrou de um trambolho caro, tá cheio de dinheiro na RF e o pouco que gasta com transporte tá tranquilo.
    Pra quem mora em SP capital dependendo de onde trabalhar melhor nem ter carro. Só uber + metrô tá de bom tamanho.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Frugal, achei bom o post que você fez sobre família, não comentei em seu blog porque não são aceitos comentários de anônimos. Discordo um pouco da parte que você fala sore a parte financeira, embora seja verdadeira veja a questão da família como de importância humana, a parte financeira fica em segundo plano.
      Mas achei válido tocar nesse assunto que não tem tantos posts assim na finasfera, as pessoas focam mais em falar sobre mulher. A questão sexual é o destaque.
      A importância de ser ter uma família estruturada é enorme. Ao que me parece essa importância vem sendo subestimada, na medida em que a importância da realização profissional, pessoal e sexual cresceram.

      Excluir
    2. Em SP pelo pouco que conheço o metrô é cheio, mas funciona bem ne?

      O seu colega se deu bem então Frugal,

      Anon, estranho. Comentei de boas la no blog do Frugal rs.

      Abração

      Excluir
    3. Opa anon, interessante, me parece que o primeiro cara que comentou lá era anonimo. Eu nem mesmo coloquei moderação lá, vou checar isso.

      É anon, eu costumo ver finanças em tudo, talvez seja um defeito meu, mas pra mim, na minha experiência de vida eu vi que o grande mal de tudo foi a ausência de dinheiro, não tem família que viva em paz e feliz quando começa a faltar comida na mesa. Falar sobre a sexualidade em si é muito complicado pq não tem consenso e existem 300 milhões de teorias e formas de se viver, cada um tem que dar o seu jeito pra ser feliz nisso, a única coisa que acho que todos precisam fazer é respeitar as opções alheias, sejam quais forem, e parar de julgar. É preciso combater o Marxismo cultural.

      Vdc ele está muito feliz, ter carro em SP é mt complicado, todo canto tem vallet, estacionamento é caro e lotado, vc fica mt tempo parado no trânsito, todo mundo quer lhe explorar se vc tem carro, imagina na balada o vallet ser quase R$100,00 e vc ainda nem pode beber pra voltar dirigindo? O metrô eh cheio no horário do rush assim como as estradas todas, normal, mas a sensação de liberdade que o metrô dá é imensa, vc entra e sai e pronto. Uns 20-30 min na agonia do empurra-empurra pra mim compensava. Claro que tem alguns bairros como a ZL Itaquera que é muito, muito lotado e os caras tem que esperar uns 6 metrôs pra entrar, mas isso aí é só pra quem mora lá.

      Excluir
  10. Gol e Uno são simplesmente os dois carros MAIS ROUBADOS do Brasil.

    Não dá pra um aportador que vive frugalmente correr o risco de levar um preju desses no lombo (fora o risco de latrocínio, nem sem reagir hoje em dia os vermes estão perdoando).

    Pense num Clio, Corsa Wind, carros bons, confiáveis, de manutenção barata tbm e de quebra menos visados pelas crias da Maria do Rosário.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon,

      Latrocinio é algo que morro de medo ... Mas, com carro mais caro, é mais facil ainda. Carro pra peças eles tomam de assalto e levam, carro de rico que o cara pode levar pra fazer saidinha de banco.

      Abração, bom comentario!

      Excluir
  11. VDC, esses carros populares que você citou não são carros de aportadores, pelo simples motivo que GOL e UNO terem o seguro caríssimo bem como alto indice de Roubos. Os melhores carros para apostadores, seria CLIO, KA, FIESTA (modelos antigos), CELTA, CLASSIC, CORSA, PRISMA (antigo), Agile. Deve ter mais algum que esqueci, carros da FIAT e VOLKS, são os que tem o maior índice de roubo e seguro caro !!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon,

      Eu nunca fiz seguro em seguradora, sempre usei aqueles grupos lá, fugiu o nome agora. Nunca tive problemas, e olhe que usei por duas vezes a franquia da associação.

      Dependendo da região, idade, o seguro fica impagável.

      Dê uma olhada em associações, valem a pena (não estas que pagam 20, 30 reais por mes, a minha eu pagava bem mais que isto, mas, bem mais barato que seguro tradicional).

      Abração

      Excluir
  12. Um dia ouvi o guru Bryan Traci falando que milionários jamais compram carros caros, e zero. Compram após dois anos quando já desvalorizou bastante, e usam por mais 10 até o carro desmanchar.

    A realidade dos carros e próprio trânsito é diferente fora do Brasil e isso é bastante lógico aqui em Portugal, onde tem carros de mil euros que no Brasil custam 15 mil reais. Mas é algo a se pensar no Brasil também.

    Ok, carro novo não da problema em tese, mas a poupança que um carro já desvalorizado trás pro jovem aportador é enorme.

    Também tem que se considerar o status. Quando o carro é necessário pra ser bem visto no seu meio não dá pra andar com a banheira do máskara. Eu não entendo nada de carros, mas sempre tive a impressão que fiat era uma marca inferior e fiat uno um carro descartável e perigoso, apesar de ver gente falando bem. Gosto de Ford por ser americano.

    Você ainda tem sua camionete? Acho que pro casal sem filhos uma dessas montana, saveiro ou sei lá (não sei os preços) é o ideal, principalmente pra quem mora no interior.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala CF,

      Meu conhecido mais rico andava em carro popular.

      Digo alguem com patrimonio acima de 20 milhoes de reais ...

      Eu nao entendia.

      Ate promoção do posto de gasolina, por 5, 10 centavos, ele ficava 20 minutos a mais na fila.

      Eu gostei muito dos Milles que tive, atenderam super bem e foram economicos.

      Mas nao é do mais seguro.

      A porta parece papel, se bater, acabou.

      Eu vendi a minha antiga camionete, agora estou com um carro de passeio.

      Quando retomar minhas obras, provavelmente terei que comprar uma nova camionete (ajudou demais viu, economizei muito frete).

      Abraçao

      Excluir
  13. VDC, qdo terminei o mestrado, andei mais dois anos de fusca, depois comprei um Palio 1.0 semi novo e fiquei 8 anos com este carro, isso me propiciou aportes mais altos. Hoje, possuo um carro Fluence(air bag/ABS) visando mais segurança. E os dividendos me permitiram comprar outro fusca 1.500/72, cujo uso para ir até a clinica a trabalho.
    Obs: meu fusca não anda, desfila!
    Excelente post!
    Sucesso!
    Bagual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala Bagual,

      Ta sumido do blog pô, posta la de vez em quando. Acompanho suas postagens no Tetz e agora estou participativo e bonzinho lá rsrs.

      Tenho um amigo super fã de fusca, tem um placa preta.

      Eu sempre brinco oferecendo ele 3K, 4K no fusca, ele sempre diz que não vende por dinheiro nenhum rsrs (realmente o dele esta impecavel).

      kkk imagino que xique. Fusca é lendário mesmo.

      Meu pai teve fusca e brasilia tambem.

      No inicio da caminhada, quanto menos gastar, melhor.

      Agora, chegando na nossa idade, 30 e poucos, vida mais estavel, vale sim subir um pouco o padrão, dentro dos limites.

      Abração

      Excluir
  14. No Brasil o verdadeiro carro de aportador tem que ser japonês -- Honda, Nissan ou Toyota. Menos manutenção, não tão visado, econômico e seguro. Possuo um New Civic desde 2010 e até hoje zero problemas, só manutenção preventiva. Estou vendendo para um amigo e provavelmente pegarei um Honda Fit CVT, ainda mais econômico. Farei um post em breve sobre isso!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estes são os carros "inquebráveis", qualidade é o resumo de tudo.

      A galera que compra Honda gosta mesmo viu.

      O caso do Civic foi um exemplo de conhecidos que nao tem nem onde morar direito, mas desfilam de civic zero bala ...

      Nao é errado ter civic, ou outros carros do mesmo nivel, desde que se tenha ativos pra paga-los (nao pode depender do salario somente).

      Mas, no inicio da caminhada a IF, eu sou favoravel aos veiculos populares rs.

      Abração R7

      Excluir
  15. Rapaz, a professora de economia do meu primo vendeu o carro pra colocar a grana na rf e andar de táxi. Ela está tendo lucro todo mês.

    Sempre considerei meus vizinhos idiotas. Logo nem preocupo com eles. Vou andar de Uber e aportar forte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon,

      Dependendo da localização e do estilo de vida, concordo que as vezes Uber fica mais barato mesmo.

      Tem seus pros e contras.

      No meu caso, Uber nao se aplicaria ao meu dia a dia.

      abração

      Excluir
  16. Rapaz, não sei onde é q essa galera vive pra dizer q tem q ser carro japonês, e q celta, gol, uno, Palio não prestam. Meu carro é um desses dá lista, 2007, só troco o q precisa qdo quebra, pneu só troco qdo está no arame, lavo de vez em nunca, deixo em qualquer lugar sem preocupação, nunca mexeram, nunca paguei seguro, é um carro q ladrão não dá nem valor e graças a Deus deu tudo certo. Na época q comprei ele usado paguei 23mil, hj vale 12mil após 7 anos de uso.
    Faria tudo de novo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Carro japonês tem a confiabilidade da mecânica, a baixa depreciação, ser pouco visado e a segurança. Nunca andaria num carro sem ABS e Airbags novamente.

      Obviamente andar num carro japones usado normalmente te torna um ser assexuado (rsrs) mas como sou casado isso pouco importa.

      Mas cada um com seu cada um né!

      Excluir
    2. A questão de segurança é importante mesmo.

      Acabei trocando meu carro, buscando um com airbag e abs ... Estava meio com medo, e olha que eu nem pego a estrada constantemente.

      Mas, os populares no inicio da caminhada ajudam demais.

      Não dá pra começar de Golf antigo ou outros carros de status e que fazem os donos gastar muito.

      Abração amigos

      Excluir
  17. VdC, vivi uns anos com um UNO, excelente. Sem problemas de manutenção. É sim alvo de furto pq as pessoas compram peças em desmanches =(
    Enfim, hoje não recomendaria, por dois detalhes: airbag e ABS.
    Esses itens são segurança. E nossa vida vale muito. Eu também sou adepto de ter um carro, embora não o utilize tanto, traz-me algumas vantagens (apesar do elevado custo),
    Hoje acompanharia a recomendação seria por um FIT ou Corolla antigo + uma boa manutenção assim que comprar, pela tranquilidade de ter maior segurança. Só por isso, pq Uno, Gol e Palio não desmancham como dizem por ai, esses carros funcionam bem sim, basta lembrarem que qualquer carro precisa de MANUTENÇÃO PREVENTIVA. Isso é segurança, é sua vida!

    Dê uma passada lá no blog, há tempos não te vejo
    https://funcionariopublicoinvestidor.blogspot.com.br/

    Abc

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ja tive Uno Mille, alguns, gostei. Meu pai teve Gol, adorava tambem.

      É, tem o aspecto segurança, concordo neste ponto.

      Corolla é uma boa opção, mas bebe muito.

      Um novo uno ou gol com air-bag / abs, talvez, ajudaria muito mesmo.

      abração

      Excluir
  18. Tem várias coisas que devem ser levadas em consideração: Cidade onde a pessoa mora, distância e dificuldade para se chegar ao trabalho, faculdade ou outros compromissos, estado civil, se tem filhos, se trabalha com o carro etc.
    A maioria das cidades brasileiras não tem uber, nem metrô, logo essas opções estão descartadas para a maioria dos brasileiros. O transporte coletivo na maior parte do país também não é dos melhores. Em cidades pequenas há ainda a dificuldade de se deslocar entre cidades diferentes de uma mesma região visto que nem sempre é possível trabalhar, estudar e morar na mesma cidade.
    Pra quem mora em locais bem localizados em grandes ou mesmo médias cidades o carro pode ser substituído em muitos momentos por uber ou transporte coletivo.
    Pra quem mora em cidades satélites ou bairros mais afastados o buraco é bem mais embaixo. O mesmo para quem mora em cidades muito pequenas ou mesmo zonas rurais, afinal moramos em um país continental.
    Outro ponto: Para quem é solteiro a falta de carro pode dificultar o acesso as mulheres, se é que me entendem.
    Acho que exageram um pouco com relação a questão dos carros. Pra quem tem uma situação um pouco mais equilibrada financeiramente e não pretende comprar carro para ostentar é possível achar alguns bons veículos com a até 30k e desde que estejam bem cuidados as despesas com manutenção e dores de cabeça desse tipo não costumam ser tão grandes. E concordo com a opinião do Guardião da Fortaleza.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Anon,

      Matou a pau no comentário viu. Concordo demais contigo.

      Na questão mulheres, ter carro ajuda mesmo. É a vida, não adianta querer tapar o sol com a peneira.

      Até 30K compra-se um excelente carro mesmo.

      Abração

      Excluir
  19. Olá VDC,
    Pois é, nem carro eu tenho. Vendi o meu carro e hoje só ando de metrô, uber e cabify.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala CI,

      Dependendo de onde mora, concordo que Uber pode ser uma boa pedida.

      No meu caso, que gosta de ir ao trabalho de carro, não daria muito certo usar só Uber.

      Venho notando uma queda na qualidade do Uber também, a Cabify chegou com uma boa proposta, andei e gostei.

      Abração

      Excluir
  20. VDC, tudo depende do momento.

    Sempre carro para aportador, nunca zero km, mas o modelo aportador muda de acordo com os ganhos.

    Sugiro um outro modelo, nem Gol e nem Civic...

    Menos roubo, menos manutenção, economico em gasolina...

    FIT ano 2012 por exemplo.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim GM,

      Faltou especificar o momento que eu queria dizer: Mais no início da formação do patrimonio.

      Eu mesmo agora tenho um carro ligeiramente melhor, mas, não tão chamativo quanto um Civi ou Golf mais novo, mas é um carro melhor que Uno e Gol rs.

      Veiculos da Honda realmente são bons, incluindo o FIT queridinho da galera.

      Abração

      Excluir
  21. Não penso em não ter carro por um motivo muito simples: como diabos vou carregar as compras do mês (aportador compra no atacado); 15kgs+ de carne do açougue, 50 kgs de ração (2 sacos de 25kgs)?
    Quem tem condições e não tem carro, é porque deve morar com papai e mamãe que fazem as compras e deixam casa arrumadinha pro filhote.

    Renato

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. kkk gostei Renato.

      Compra no atacado pra reduzir as despesas. Boa estratégia.

      Eu pra mim não viveria sem carro, faria falta demais mesmo.

      Inclusive ultima compra que fiz lotei o porta malas tambem, impossivel vir a pé, e trazendo de uber seria a maior dificuldade, pois de carro entro dentro da garagem, de uber na portaria do prédio.

      Abração

      Excluir
  22. O meu era um Peugeout 206 2009. Muitas alegrias. Hoje é só Uber. Carro agora só quando tiver pra lá de 200 k na conta e um bom salário. Quem sabe nem dentro dessas condições eu compre. kkk

    Forte abraço !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O problema da peugeot é que a galera reclama da manutenção que é cara rs.

      Interessante, mais um #TeamUber rs.

      Não se aplica a todos a necessidade do carro, concordo RI!

      Abração

      Excluir
  23. Há tempos que tô de motinha hahaha

    só aportando. carro só se necessário!

    ResponderExcluir
  24. Concordo que economiza.

    Eu sou medroso pra ter moto rs

    ResponderExcluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares