Total de visualizações de página

terça-feira, 24 de janeiro de 2017

Atue como se você já fosse um Gerente ...



Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Nestes últimos dias eu dei uma desanimada aqui com o blog.

Tenho estado com a conta bancária muito próxima do zero, por causa de investimentos realizados e gastos maiores inesperados, onde a ansiedade e a mania de pagar à vista para obter descontos me deixaram totalmente descapitalizado, e torcendo fortemente para que o fim do mês venha rapidamente, para receber a minha maior renda mensal e estabilizar a minha situação econômica.

Neste mês, como disse, eu troquei de veículo, e mesmo assim eu aportei fortemente em meus investimentos, e foi este o meu erro mensal, pois eu detesto usar cartão de crédito, tenho mania de comprar à vista e isto acabou me jogando no buraco.

Vou ser sincero, viver contando moedinhas é muito chato, não dá, é por isto que eu cuido com muito cuidado do patrimônio que alcancei até o momento e pretendo continuar controlando e investindo de forma moderada, evitando grandes riscos ou grandes catástrofes que façam meu patrimônio se esvair entre os dedos.

A falta de dinheiro me desanima. Mês que vem retomo os rumos naturais.

No Trabalho tenho estado muito ocupado.

Tenho passado por uma importante fase da minha carreira, onde eu comecei a atuar mais na parte gerencial do que técnica em si, e tenho dedicado esforços para me sair bem nesta nova função, fazendo meu máximo para buscar bons resultados, sabendo fazer o marketing do valor que estou agregando à empresa e principalmente: Sendo político.

Ah se nos meus 20 e poucos anos eu tivesse a mentalidade que tenho agora, no auge dos meus 30 ...

Tive muitos acertos na parte financeira, sem dúvidas, mas na parte profissional, se eu atuasse como faço agora, tenho certeza que eu poderia ter galgado uma posição superior a atual.

Não que esteja ruim agora, nada disto, na verdade estou muito satisfeito com o que faço, mas, estou realmente aguardando uma oportunidade de crescimento financeiro (principalmente), e de carreira, mas já sinto o gostinho de atuar como um gerente mesmo, ou de estar muito próximo disto (como função eu digo, aprendendo como funciona a vida de um verdadeiro gerente).

A cada dia se tornam mais comuns as famosas apresentações em inglês, daquelas que me fazem lembrar das aulas, onde a professora pedia que levássemos um tema qualquer para ser apresentado para toda a turma do curso ...

E hoje já faço isto, como hoje, num auditório lotado, com gente do mundo todo, logo eu, com meu inglês meia boca!

O segredo? Planejamento.


Eu já vinha me preparando a cerca de um mês antes desta semana, parando estudos de outro idioma e retomando o ‘listening’ com programas de rádio americana,  bem como no uso do Duolingo, pois eu sempre achei meu inglês de ‘bate papo’ muito fraco, ou seja, foquei muito no ‘Business English’ e nesta hora tão importante quanto a parte profissional, que é justamente a parte política, da conversa de corredor, da apresentação de suas ideias, do tema divertido que fará uma pessoa importante lembrar de você e do que você faz, eu sempre deixei a desejar.

Esta de hoje foi uma das apresentações que fiz em inglês para o maior número de pessoas ... Bate aquela angústia: O que estou fazendo aqui? Será que estou no lugar certo? Será que não cheguei longe demais?

Mas, não era hora de se inferiorizar e nem de tremer na frente do palco ...

E eu não podia e nem iria deixar de aproveitar esta chance de apresentar meu trabalho a um público tão seleto como este ...

Me sentindo Frank Underwood ao fechar a apresentação ...
Receber aplausos por apresentar as suas ideias, conseguir demonstrar seus pensamentos e a sua estratégia como Gerente de um Projeto diante de um público de alto nível de vários países, ser questionado e conseguir responder bem, sentir o público interessado com a apresentação meticulosamente criada, com texto e imagens que facilitavam o entendimento, não poderia ter outro resultado: Elogios após a apresentação, o agradecimento do gerente direto e dos demais gerentes envolvidos, e a certeza de ter passado em mais uma prova ...

Final da apresentação, coffee-break ...

Esta sempre foi a parte onde eu buscava ficar com os colegas mais próximos, me sentia meio excluído até, também por não ter tanto assunto com as pessoas importantes ... 

Mas hoje foi diferente: Eu não fui em busca do grupo para me acomodar, e sim, fui a pessoa procurada por alguns grupos para conversar, sobre o projeto que apresentei, e sobre outras projetos e atividades que faço, ou seja, eu começo a chamar a atenção para mim, de forma benéfica, com trabalho, organização, planejamento, educação e cordialidade, sendo visto como alguém que faz bem o seu trabalho, e deixo de ser um excluído, passo a ser mais conhecido por todos.

Realmente, me senti um Gerente neste dia.

E a cada dia mais venho trabalhando com esta frase em mente: “Atue como se você já fosse um Gerente”. Isto eu repito para mim todos os dias.

O que venho conquistando ao usar esta frase?

Eu me planejo para as reuniões e eventos ...

Eu me organizo e tenho todas as respostas na ‘ponta da língua’, e quando não sei, eu sei quem deve me fornecer as respostas ...

Eu me visto bem e estou sempre alinhado para reuniões inesperadas ...

Eu sempre estou com a barba bem feita e os cabelos cortados a cada 15 dias.

Eu apresento algo de valor, como se meu nome se tornasse uma marca de competência, o que é muito importante.

Eu conheço todos os demais gerentes da minha área, tento me correlacionar bem com todos, ser proativo, pois em quase todas as empresas as promoções são decididas não somente pelo seu Diretor, mas por todo o seu respectivo primeiro nível, logo, ser bem correlacionado ou pelo menos deixar com que estas pessoas conheçam seu trabalho e vejam o quão bom profissional você é, é de suma importância.

Eu me comunico bem, mesmo sabendo que eu sou uma pessoa que fala muito e gosta muito de detalhes, mas estou aprendendo que algumas vezes as pessoas, principalmente de alto nível, querem respostas rápidas e objetivas, e venho me policiando para conseguir agir desta forma.

Eu já tenho traquejo político para conseguir iniciar conversas com gerentes alto nível, coisa que antes pra mim era algo como um bloqueio, eram como figuras distantes que eu não podia chegar perto, e agora eu estou sempre próximo, pois venho gerando resultados para estes níveis, e eles apresentarão meu trabalho para seus diretores e líderes ...

Eu começo a ser envolvido em importantes definições de custos, investimentos e despesas, o que eleva meu potencial e me dá um grande amadurecimento profissional, mesmo para outras oportunidades fora de onde estou ...

Tudo isto que estou conseguindo tem um preço: Tempo e muita dedicação, e uma mudança de paradigma muito grande – Não basta apenas trabalhar. Você deve ser político, gerar resultados, contornar os problemas sempre apresentando soluções e principalmente realizar o marketing dos seus resultados.

Não pense que eu sou o profissional perfeito, acima fiz como no Facebook, só coloquei as coisas boas, logo, tenho também defeitos, coisas a melhorar, mas hoje citei o que vejo de bom no trabalho que venho fazendo internamente comigo usando a frase "Atue como se você já fosse um Gerente ...".

Por que eu sempre escrevo como “eu, eu, eu” no blog? O objetivo é simples: Se eu que sou uma pessoa comum, que nasceu pobre e começou a juntar o patrimônio do zero conseguiu uma melhoria de vida, você leitor, vai conseguir também! Basta ter a mesma motivação e luta que eu tenho, e as recompensas virão, tenha certeza disto.

Você precisa gerar confiança, você precisa ser alguém confiável no seu Trabalho, alguém que as pessoas irão dizer “Procure o José, ele vai resolver isto com certeza”.

Não fique na média ...

Independente da sua profissão e da sua empresa, se esta ruim, busque melhorar, busque cursos, busque se aprimorar profissionalmente para assim conseguir um lugar melhor ao sol.

Conseguiu um lugar melhor ao sol? Se dedique ao máximo para crescer, aprendendo não só a sua atividade, mas sim o impacto da mesma em todo o negócio da empresa onde trabalha.

Conhecimento nunca é demais ...

E sempre comece seu dia e mantenha esta frase em mente nas reuniões que participar:

Atue como se você já fosse um Gerente ...

Atue como se você já fosse um Gerente ...

Atue como se você já fosse um Gerente...

Um abraço e até a próxima postagem!

VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO

24 comentários:

  1. Que legal VDC, gostei da parte em que você disse que constrói seu nome como uma marca. É a você s/a.
    Antes eu me imaginava chegando no seu nível em uma companhia grande, porém a vida me levou para outro lado. Fico feliz por você, de verdade!
    Veja que sobre o inglês, a gente não se importa em ver um expoente em determinada área com sotaque russo, israelita ou indiano em uma palestra, desde que o cara demonstre que entrega valor. Nem um americano falando português. Se o cara é fera, pequenos erros na línguagem não importam muito.
    De qualquer modo comunicação boa é vital.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Fala CF! Sim, isto é muito importante. Meu nome no trabalho sempre passa uma mensagem de confiança aos meus clientes. Seria péssimo algo do tipo “Olha, o Viver de Construção no projeto? Ah nem, ele é fraco demais, desorganizado, muito ruim”. Fazer de nosso nome uma marca é muito importante!

      O caminho empresarial nem sempre é o correto, pra quem tem veia empreendedora, às vezes você consegue melhorar de vida seguindo esta linha. Eu optei por seguir um “meio a meio”, entre a carreira e o empreendedorismo nas construções.

      A comunicação é muito importante, e hoje me sinto extremamente feliz de conseguir me comunicar em dois outros idiomas além do meu, apesar de ainda precisar melhorar muito.

      Abraço

      Excluir
  2. ótimo texto ,veio em boa hora ,quando comecei meu comercio tinha planos de trabalhar como uma empresa grande, identidade visual , uniforme ,sistema com controle de estoque cogitei inclusive em criar uma marca no INPI...mais o dia dia foi me desanimando fiz apenas o básico para continuar vendendo , esse ano vai sair tudo do papel são coisas que não demandam muito investimento só por a mão na massa …
    quer ter uma grande empresa

    “atue como um grande empresario”

    “atue como um grande empresario”

    “atue como um grande empresario”

    abraco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Atuar como verdadeiro visionário.

      Excluir
    2. Orra ... já é dificil animo pra atuar como um gerente todo dia ... o outro quer um grande empresário .. o outro um visionario rsrrs ...

      "atue como Steve Jobs"
      "atue como Steve Jobs"
      "atue como Steve Jobs"

      hahaha abs

      Excluir
    3. VDC,

      Você tem toda razão nesse lance de atuar como gerente .... mas é dificil viu .. lidar com gente é uma arte ... tem hora q dá vontade de mandar todo mundo a merda .. rs ..

      Abs,

      Excluir
    4. Olá amigos!

      Vocês falando esta frase lembrei do episódio do Todo Mundo Odeia o Chris, onde o Caruso rouba o discurso dele e no final acho que finaliza com as frases “Mantenham a esperança, mantenham a esperança, mantenham a esperança” rs.

      Pensem diferente amigo, tenham uma visão completa, não apenas focada no que fazem.

      Isto ajuda muito mesmo, tenham certeza.

      Ser visionário, se ver como um grande empresário, isto sim são coisas que agregam!

      Abraço

      Excluir
  3. Muito bom, VDC. É tudo questão de mindset: sinta-se um gerente que as pessoas te virão como tal.

    Quanto ao idioma, parabéns pela iniciativa. Esse ano também retomei os estudos de um outro idioma e estou fazendo aulas de conversação.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá MP,

      Sim, vale muito a pena, você melhora em tudo, e sua postura profissional também.

      Comunicação é importante para o trabalho, mas também digo que o prazer de conversar com outras pessoas de outros países é algo que te deixa muito bem.

      Um abraço

      Excluir
  4. VDC, muito bom. A corrida deve ter uma direção para fazer sentido, você ja encontrou a sua direção e esta numa velocidade alta rumo a ela.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá SI

      Obrigado meu caro. Encontrar um rumo é muito importante, te deixa mais motivado, focado, e a busca pela Independência Financeira ocorre naturalmente, quando você percebe já esta na IF ...

      Um abraço

      Excluir
  5. Respostas
    1. Bateu 300K Visualizações ... Quem diria.

      Rumo aos 500K!

      Seguiremos na luta amigo Madruga!

      Poste mais meu caro, seus posts são sempre fodas, legais, sua abordagem é muito boa, e a mais próxima que tínhamos do nosso grande amigo Doutor Honorários, que continua fazendo falta demais aqui.

      Um abraço

      Excluir
  6. Olá VDC,
    Parabéns pela competência. Um dia você vai ser um gerente e muito mais. Pelo que você fala isso já está próximo.

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. CI,

      Venho me esforçando pra isto agora, mas da forma certa: Não apenas trabalhando e entregando resultados, mas sabendo divulgar estes resultados entender como as coisas funcionam e agir, não ficar só esperando o chefe lembrar de mim pra ser promovido.

      Ainda falta muito pra alcançar uma posição tão alta, mas eu já me sinto feliz e motivado por estar começando a aparecer nas listas de possíveis novos chefes ... Eu me encontro na lista de talentos da empresa, e agora estou indo para o lado gerencial ao invés de técnico.

      Obrigado, um abraço

      Excluir
  7. Parabéns VDC! Espero que consiga cada vez mais o sucesso que vem trilhando.

    Já eu, venho questionando mais frequentemente se minha "atuação como se fosse um gerente" não está me trazendo um desgaste físico e mental excessivo, focando demais em coisas passageiras e vendo a vida passar em um "repeat" infinito de trabalho. Estou cada vez mais pensando que neste caso "menos é mais". Uma reflexão para se fazer em um começo de ano...

    Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá ID,

      Se Deus quiser, fazendo o bem e se esforçando, as oportunidades vão aparecendo.

      Eu acho que entendi o que você quis dizer ... Eu sempre tentei fazer o máximo, e acabava tentando fazer tudo na empresa.

      Descobri que não preciso fazer tudo para ser bem cotado, muitas coisas que eu fazia por mim mesmo para não perder tempo delegando ou pra manter a atividade com qualidade, hoje estou aprendendo a delegar mais e a saber trabalhar em time, em confiar no outro, em saber cobrar quando as coisas não vão bem.

      Tenho meus objetivos anuais, e estou com maior foco neles, outras atividades eu tenho repassado e isto tem me deixado mais tranquilo, não tão atarefado como sempre fui, pois estou conseguindo coordenar melhor o tempo.

      Sugiro tentar usar a mesma abordagem: O que é principal pra você? O que a empresa precisa de você como resultados, e o que é que você vem fazendo que outras pessoas poderiam fazer?

      Um abraço

      Excluir
  8. Depois de 1,5 M eu paro de trabalhar e vou correr na praia todo dia, com direito à água de coco e belas banhistas.

    Vou torcer para que os executivos das empresas das quais sou acionista sempre aumentem os lucros para que meus dividendos sejam maiores a cada trimestre.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo,

      Eu também espero muita paz e tranquilidade quando me “aposentar” com a minha IF.

      No mais, ter alguma atividade que não demande 5 dias na semana, no máximo 2, ou 3, pra que eu tenha tempo de viver, quem sabe vivendo em cidade litorânea (gostei da sua ideia de IF).

      Só não mantenha tudo em ações, diversifique com outros ativos, como imóveis de aluguel, renda fixa, FIIs.

      Abraço

      Excluir
  9. Fala VDC, tudo bom ??
    VDC o que vou te perguntar não é muito pertinente a essa postagem mas vamos lá.
    Qual a vantagem de comprar um imóvel com a única intenção de investimento.
    Digo isso porque se formos usar um imóvel comercial como exemplo, teremos um retorno anual de 6 a 8% e estamos sujeitos a inadiplência e vacâncias e se deixarmos no tesouro direito conseguimos sem dificuldade 10% ao ano.
    Claro que devemos contar com a valorização do imóvel mas será que realmente compensa.

    Grande abraço !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carlos,

      O problema de considerar friamente estes números é que você desconsidera o valor dos imóveis que SEMPRE subirá ao longo do tempo.

      Não é tão correto comparar imóveis, FIIs, renda fixa, tesouro direto, pois cada um tem a sua forma específica de aumentar seu patrimônio, e quando fala-se de imóveis considera-se apenas o aluguel, quando na verdade você deve considerar também o crescimento do valor do imóvel ao longo do tempo.

      Exemplo: Comprei um imóvel por 50 mil reais há 10 anos atrás. Hoje vale 400 mil (é um exemplo hipotético). No Tesouro Direto, será que geraria o mesmo montante (não fiz as contas). Se considerar 10% ao ano, veja que passará longe disto.

      Eu acho que o correto mesmo é diversificar. Eu particularmente não gosto de Tesouro Direto, eu prefiro ter o dinheiro comigo pra fazer mais dinheiro com ele, sem esperar tantos anos pra receber este dinheiro com estes juros, eu acho pouco dinheiro pra ser sincero, neste caso eu sou muito mais a favor de investir em FIIs, pois além de receber renda anual, se você comprar um ativo bom, o preço da cota subirá também, aumentando seu rendimento, da mesma forma que os imóveis.

      Meu primeiro grande investimento foi a compra do imóvel que moro atualmente, e não me arrependo nem um pouco, pois mesmo se eu tivesse aplicado em TD na época, o valor dele hoje vale mais do que eu receberia anualmente / semestralmente ou no fim do prazo do TD.

      Não quero dizer que TD seja ruim, mas não atende ao meu perfil de investidor, mas para outras pessoas atendem muito bem, eu tenho a veia mais empreendedora, então prefiro ter o dinheiro comigo do que deixar no TD e esperar o prazo.

      Entre imóveis e TD, eu sou mais imóveis ...

      Ps.: Exceção é Tesouro Selic ... Pois neste caso você pode resgatar de imediato e remunera melhor que a poupança.

      Abraço

      Excluir
    2. Carlos, não caia na falácia que valor de imóvel acompanha inflação, ainda mais no Brasil onde até o passado é incerto. Se grandes empresas como Ambev, setor calçados, postos de gasolina não estão conseguindo repassar inflação aos consumidores (por conta da recessão) por que com você seria diferente investindo numa classe de ativo onde todos pode repetir a estratégia? Agora se já é milionário é uma forma de diversificação que poderia ter também ouro, terras, moedas fortes etc

      Excluir
  10. Grande VDC,

    Sou novato aqui, mas te acompanho desde o início de 2016! Invisto a algum tempo e sempre acompanho os investidores da blogosfera, as atualizações, ranking, etc...

    Agora animei e criei um blog também e espero atingir o mesmo objetivo que a maioria: a Independência Financeira!

    Valeu! Grande abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá IP,

      Bem vindo meu caro!

      Você verá um amadurecimento muito grande compartilhando suas histórias e participando no blog dos amigos.

      Participando aqui, e tendo mais postagens, eu te adicionarei no blogroll, como faço com os demais amigos.

      Um abraço e sucesso!

      Excluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares