Total de visualizações de página

terça-feira, 30 de agosto de 2016

O Dia em que Fui Varrido da Bolsa - As Trapalhadas do VDC fazendo Trades em QGEP3 (Queiroz Galvão Petróleo)

Boa noite Senhores do Milhão. A Luta Continua!

Não sei se perceberam, mas este é o terceiro post escrito em sequência, dia após dia (ou melhor noite após noite), onde estou realizando um teste, para verificar se é interessante aos leitores ter posts em abundância, ou se é melhor seguir o formato atual, onde eu escrevo ‘quando dá na telha’. O único compromisso que tenho é o Fechamento Mensal, pois é uma parte de muita alegria no mês.

Aos leitores assíduos, fiquem tranquilos: Não pararei de criar os famosos textos gigantes, da mesma forma que escrevo, com as análises Viver de Construção. Estes são posts adicionais mesmo.

Falando um pouco sobre Ações: Este é um mundo que desconheço em detalhes, pois não tive a mentalidade que tenho nos FIIs para entrar na bolsa, e fui ‘varrido’, pois meu caixa mensal de operações era sempre negativo, por mais que eu tentasse me enganar que no próximo mês seria melhor ...

Uma das empresas que investi durante algumas semanas (tentei ser ‘holder’ e um ‘swing trader’) foi a QGEP3 (Queiroz Galvão Participações), e eu achava que tinha encontrado a forma de enriquecer rápido na bolsa: Comprando e vendendo QGEP3 todos os dias.

A minha tática infalível era muito simples: Eu percebi que, devido a baixa liquidez do ativo, grandes variações ocorriam sem muita explicação, e uma sempre me chamava a atenção: Nos minutos finais do pregão, ali por volta de 16:35 até 17:00, simplesmente alguém ‘limpava o book de compras’, fazendo o preço da ação subir, mantendo-se sempre num mesmo patamar.

Um exemplo próximo ao que eu percebia: A ação abria custando R$ 12,60. Caía durante o dia, ia para R$ 12,20 por exemplo. Durante todo o dia ficava variando entre R$ 12,30 a R$ 12,40, e ao final subia forte para R$ 12,70.

Sim amigos, eu estava me achando o gênio da bolsa.

A minha estratégia era muito simples: Eu sempre fazia esta ‘jogadinha’ de ficar fazendo ‘trades’ durante todo o dia, na faixa de R$ 12,30 a R$ 12,42 por aí ... Movimentando umas 1000 ações, e eu ficava ali, comprando e vendendo o dia todo, principalmente na fase que estava ‘P’ da vida no trabalho e queria sair do setor, pois eu pedi para ser liberado para participar de vagas de outras áreas e fui ‘punido’ por isto, ficando sem muitas atividades, afinal, eu queria sair da área ... Já escrevi um post sobre, anteriormente, para quem interessar sobre esta fase da minha vida.

Pois bem, voltando ao tema do post, eu ganhei uma graninha boa durante uns dias, mas a minha teoria logo caiu por ‘terra’, pois num certo dia eu comprei meu volume padrão de 1000 ações, sei lá, R$ 12,45 e já colocava a ordem de venda lá em R$ 12,60 (R$ 150,00 de lucro em minutos).

Isto deu certo umas 2 semanas. Às vezes quando não vendia 100% da posição no fechamento, eu dormia comprado e no dia seguinte vendia.

Acontece que num belo dia, eu dormi comprado com a ação, e não lembro o que aconteceu, mas QGEP3 abriu num GAP de baixa gigantesco (preço de abertura do pregão bem abaixo do meu preço de compra), e eu fiquei desesperado, pois eu nem usava Stop Loss (nem se usasse teria funcionado). Resultado: Se eu ganhei uns R$ 2000,00 com os ‘trades espertos’, eu tive uns R$ 4.000,00 de prejuízo ... E pior mesmo foi ver a cotação voltando ao ponto que comprei 3 dias após este acontecimento.

Me lembro que esta foi uma das coisas que me deixaram alguns meses fora da bolsa ... Eu me revoltava, brigava na corretora, pedia para desfazer meu cadastro, para bloquear, etc.

O fato de demorar 3 dias desde a última operação em bolsa para que você pudesse sacar todo dinheiro para sua conta bancária era terrível, pois no dia eu passava muita raiva, mas dois dias depois eu já pensava “ah, vou fazer um trade, agora vai dar certo”. Se eu continuasse neste ritmo, teria perdido todo meu dinheiro.

Durante certa fase acho que fiquei meio viciado com a bolsa. Feriado para mim era terrível. Eu ficava horas e horas nos sites de fóruns de ações ... Eu só queria falar de Ações.

E os dias em que eu pagava R$ 300,00, R$ 400,00 de corretagem e impostos, depois de fazer tantas operações? E lucros baixíssimos ou até negativos.

Terrível ...

Felizmente o ‘prejuízo’ que tive com bolsa foi pequeno, com os ganhos e as perdas, não acredito ter tido prejuízos acima de R$ 4.000,00 ...

E eu prometi a mim mesmo que não voltaria a bolsa, e cumpri: Não comprei mais Ações. Posso voltar? Sim. Mas agora com outra mentalidade! Não como especulador!

Eu até tentei comprar durante semanas atrás algumas ações, mas no outro dia após a compra eu as vendi. Não quero ações. Simples. Escrevi isto num dos posts também.

Os Fundos Imobiliários, apesar de serem renda variável, são diferentes ... Então não comparo os dois tipos de investimento, seria até injusto com ambos, pois são finalidades distintas.

Para fechar o post, estava lendo algumas notícias, li que a Petrobrás vendeu a participação do Campo de Carcará, onde a QGEP detêm 10%.

Achei esta discussão no site do Bastter, e estou reproduzindo exatamente como esta na página dele. Foi este tipo de resposta do Bastter que me fez mudar meus conceitos, esquecer esta parte de ‘trade’ (não critico quem faz, mas pra mim não deu certo), de querer comprar algo para vender mais caro depois ...

Foi este tipo de coisa que me fez ver que o que te enriquece é o TRABALHO + TEMPO + APORTE aplicados em VALOR.

E para fechar o tópico, segue esta discussão completa do site do Bastter ... Eu era tipo o cara que leu Axiomas de Zurique e ficou maluco com trade ... E que só importava preço: Comprar na baixa, para vender na alta.

Hoje meu pensamento é totalmente distinto ... TRABALHO + TEMPO + APORTE aplicados em VALOR ... Eu repito sempre este mantra ...

Um grande abraço,


VDC – VIVER DE CONSTRUÇÃO


25/06/2016 às 17:14
Atualização!
Ir p/ o Fim

25/06/2016 às 17:16

25/06/2016 às 17:27

25/06/2016 às 17:31

25/06/2016 às 19:17

25/06/2016 às 20:59

26/06/2016 às 06:53

26/06/2016 às 11:18

26/06/2016 às 16:44

26/06/2016 às 18:05

27/06/2016 às 21:05

27/06/2016 às 21:46

29/06/2016 às 16:40

29/06/2016 às 17:16

29/06/2016 às 18:09

29/06/2016 às 18:25

29/06/2016 às 18:39

29/06/2016 às 18:54

29/06/2016 às 18:56

22/07/2016 às 17:06

22/07/2016 às 18:15

15 comentários:

  1. VDC tome cuidado com cachorrão bastter.
    Um empresa vale pele fluxo de caixa que ele pode vir gerar para acionista no longo prazo + crescimento da marca com consolidação no mercado aonde atua.
    Lucro negativo = Queda no lucro = queda na cotação
    Lucro positivo = Aumento no valor do ativo valorização do acionista.

    Coisas que bastter diz que são verdade.
    Cotação segue lucro no longo prazo, no curto prazo a bolsa segue fluxo.

    Coisa que bastter diz que é coisa de manada e seita religiosa.
    Preço não importa" Blz compra petro4 40 reais" com barril de petroleo cotado a 60.
    Para cada holder hoje ativo bolsa muitos quebraram no meio do caminho e ninguém diz isso.
    A dificuldade não esta em avaliar um negocio , mas em sair dele quando este mesmo estiver ruim.
    Sair do negocio não se resume a uma crise sistêmica igual vivemos no Brasil, mas infelizmente alguns sardinhas vendem pela crise.
    Se tu avaliar uma empresa na crise vai vender todas suas ações acreditando que fundamentos se perderam ao longo do tempo,mas toda questão esta associada a merda feita pelos políticos e economistas do governo.
    Em suma de nada adianta tu ter uma boa empresa bem gerida se na outra ponta governo regula setor onde sua empresa opera.

    Outra questão que me deixa com pulga atrás da orelha: Qual desempenho de buy holder destes caras porque até agora tão levando ferro, até um tempo atrás bastter estava atolado em petr4 .

    Não adianta comprar livro de Siegel tentar replicar no brasil 100% estratégia do mercado norte americano, numero de empresas para ser sócio na bolsa são restritos, corriqueiramente temos empresa boa fechando capital.
    Ou seja da para usar estratégia buy holder, mas com uma série de restrições pela tamanho e limitações de nosso mercado.

    Aqui de cabeça ativos para buy holder.
    Bradesco
    Itaú
    EZtec
    BMF
    Hering
    Ambev
    Ultrapar

    E mais algumas 10 ou 15 empresas no máximo para se fazer buy holder para longo prazo " coisa de 10 anos ou mais."

    Agora para estas 20 a 25 empresas temos mais de 400 porcarias para se usar estratégia de buy holder, isso não significa que algumas destas 30 e poucas empresas para se fazer buy holder não possam vir piorar ao longo do tempo.


    O que vai definir sucesso de um holder será hora de sair da empresa não a entrada na empresa, entrar qualquer um entra.

    Ai temos nesse baleio outras abreviações que ele ignora complementarmente amplamente amparando na alise fundamentalista de grandes investidores ao longo do tempo:Warren buffet, jeremy siegel,benjamin graham.
    Nenhum destes caras afirma que preço não importa , tão importa que eles sabem quando entrar e quando sair da empresa.

    Leia qualquer livro de um grande investidor, vera vários exemplos e formulas todas lastreadas em fluxo de caixa futuro + precificação.

    Uma coisa que aprendi ignorar no mercado é quem diz uma coisa , mas não mostra resultado na prática, para mim bastter seria mais um destes caras que diz um monte de coisa , mas até agora não mostrou qual resultados da estratégia dele.


    Resumo filtra muito do que ele fala , pois nem tudo ali tu pode seguir a risca.

    Mais idiota ainda é quem vai no site do bastter falar de preço, PL entre outro indicadores lastreados em precificação.

    Meu amigo se tu sabe ganhar dinheiro no mercado não fique em blog de sardinhas , ganhe dinheiro! KKKKK

    Tu acha que Trader e holder profissional ficam em fórum de sardinhas dando de mão beijada suas estratégias vitoriosas.

    Outra coisa que bastter fala que concordo: Se tu soube-se o que grandes investidores fazem eles não seriam mais grande investidores.

    Porem se tu soube-se que bastter faz tu não seguiria mais tio bastter .

    Se cuida VCD
    Estas são minhas crítica ao cachorro branco
    Filtre muita coisa que se aprende neste mundo de investimento.
    Tranquilidade paz no coração





    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande MD,

      Seus posts e respostas são sempre uma aula. Desculpe a demora na resposta.

      Esta frase achei muito boa “A dificuldade não esta em avaliar um negocio , mas em sair dele quando este mesmo estiver ruim.”

      A cada hora faz mais sentido a análise de Metro Quadrado que você citou, e agora também a carteira e investimentos dos Fundos que invisto. Fechei posição nos fundos de fundos hoje, depois que eu vi o que tinha dentro do BPFF11 eu desisti e saí do FII. Preciso melhorar minhas análises.

      Não acompanho tão bem as ações, mas esta é novidade: Bastter comprando Petrobrás? Ele sempre falou mal da Petrobrás rsrs. Será?

      Não considero tudo que ele fala verdade, claro, mas uma coisa interessante é justamente tentar olhar mais os fundamentos do que as notícias, cotações, e parar de acreditar e se enganar com empresas ruins.

      Sua lista esta muito coerente, de empresas para B&H. Eu incluiria uma aí que gosto muito, que é a Arezzo. Mas, de fato, se fosse pra eu voltar a operar ações, eu não iria nas Small Caps, e sim nas consolidadas, conforme sua lista mesmo.

      Gostei desta dica aqui “fluxo de caixa futuro + precificação.” ... Valerá a pena pensar um pouco sobre isto. Você tem alguma indicação de livro do tipo? Gosto muito desta literatura! Se tiver pra indicar, será ótimo!

      A verdade sobre o Bastter é: Ele tem sim sua filosofia, mas arrecada mais (penso eu) com as assinaturas do site dele. E ele é médico também, então tem capital pra investir.

      Grato pelas dicas, são muito valiosas, de fato lerei por várias vezes para entender cada ideia que você quis passar.

      E no mais, agradeço também além dos posts as suas dicas, pois estão abrindo a minha mente aos poucos, e estou tendo mais assertividade nas minhas estratégias nos FIIs.

      Grande abraço

      Excluir
    2. VDC:
      Aqui vai direto na fonte apresentando inventor ou da estratégia buy&holder ou pelo cara que fundamentou porra toda: Benjamin graham mentor do buffet em inicio de carreira.
      Livro: Investidor inteligente, depois tu pode ir para um livro mais denso security analysis.

      Warren buffe e a analises de balanços.

      Jeremy siegel: Investindo em ações no longo prazo, este autor bastter meio que copiou bastante coisa da filosofia de investimento.

      Muito dos vídeos do bastter tem embasamento neste livro.

      Finanças Comportamentais"

      Autor: Aquiles Mosca

      Brasileiro tem um autor antigo , mas não consigo lembrar o nome do falecido, depois lhe dou nome do autor e dos livro.
      Boa sorte ^^









      Bufft: securtiy analisy

      Excluir
  2. Vejo com muita dificuldade no Brasil considerar ações como investimento, seja a curto ou longo prazo. Na minha (leiga) opinião a maioria dos movimentos da bolsa é especulação numa combinação de tentativa de antecipação de resultados, adivinhações e efeito manada, não interessa se você é trader ou holder, isso apenas indica o prazo da sua especulação.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Guilherme,

      Eu tenho uma visão bem parecida, pois na teoria ações são o melhor investimento a longo prazo, mas na prática não tenho visto ainda, salvo raríssimas exceções.

      O que acredito fielmente é que cotação segue lucro, logo por mais que haja muita variação no curto prazo, a longo prazo se uma empresa for boa, continuará gerando lucros e as cotações acompanharão este resultado.

      Mas, por enquanto, ainda prefiro ficar de fora, só olhando ...

      Um grande abraço

      Excluir
  3. Eu só não fui varrido da bolsa pq sempre coloquei só dinheiro de pinga nas operações mais arriscadas. Gestão de risco é tudo.
    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Uó,

      Você disse o termo correto: Gestão de risco!

      Era tudo o que eu não tinha.

      Felizmente eu colocava pouco dinheiro lá, tenho medo dos valores que eu poderia ter perdido se tivesse colocado todo meu capital lá e ficasse maluco com os trades rsrs.

      Ps.: Usei este termo em referência a uma investidora que postou esta mensagem enigmática, e que posta de vez em seu quando em seu blog ... Até hoje penso em quais foram os motivos para tirá-la da bolsa naquela época, afinal ela estava indo muito bem.

      Um abraço

      Excluir
  4. VDC, a questão não é fazer um post em seguida ao outro. A questão é ter tempo para tal.
    Eu, por exemplo não teria esse tempo.
    E em relação ao mercado acionario, o Barsi responde por
    si só as demais indagações...

    Sucesso amigo!
    Abraço
    Bagual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Bagual,

      Três posts em sequência me ‘quebraram’, pois além de estar trabalhando muito, dedicar 1 hora da noite para escrever, revisar e publicar não é fácil.

      Mas, eu queria fazer este teste para saber até onde um blog de finanças poderia ir.

      Sobre o grande Barsi, penso que o que ele revela nas entrevistas é algo muito geral, ele não conta os detalhes específicos.

      Como que ele estava investido fortemente numa Forja Taurus que só dava prejuízo? Sei lá, muita coisa estranha.

      Mas ele já deu alguns exemplos bons também, claro.

      Um abraço

      Excluir
  5. Ah, esqueci, com relação aos post da blogosfera financeira, ve-se hoje, que a maioria dos post já nem retrata mais finanças, talvez com o objetivo de polemizar mais e com isso agarrar alguns centavos do adcense....

    Abraço
    Bagual

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Haha isto é verdade. Confesso que este post ficou com um título mais ‘polêmico’, digamos assim.

      Ao final destes posts vou fazer algumas contas e publicar um resultado interessante, nos próximos posts.

      Hoje a noite será meu último dia de post diário, pois é dia de fechamento.

      Depois vou dar um tempo ...

      Grande abraço

      Excluir
  6. VDC,

    Não boto fé no Bastter, pode ver que ele não aceita a opinião de ninguém. Ele deve ser estilo Eike Batista. Estou lendo o livro Tudo ou Nada, que é a biografia não autorizada, e tem uma parte que ri demais. O pessoal das empresas X zoava que se dessem uma capa de super-homem pro Eike ele sairia voando... kkkkk... isso de tão onipotente e onisciente que ele se achava. E acaba que no final a gente só vê que a gente não sabe de quase nada.

    Essa de B&H, trades, nada a ver o que o Bastter fala. O objetivo final é sempre multiplicar dinheiro. B&H não é nada mais que um trade de longo prazo. Preço não importa? PQP, não tem maior besteira que isso. É lógico que preço importa, se o Buffett que é um dos caras mais ricos do mundo fala pra comprar ao som dos canhões e vender ao som dos violinos é porque o preço deve ter importado pra ele enriquecer.

    Vou te falar pra que servem os conselhos do Bastter: sofrer menos ansiedade e não levar uma porrada violenta do mercado. Esqueci da mais importante, que é a gente sempre tentar evoluir.

    Acredito que a filosofia B&H nunca vai funcionar no Brasil, temos quantos casos pra contar? Barsi? Não deve encher nem uma mão. Como o camarada falou acima Brasil não é EUA, os livros que a gente lê são todos baseados na economia americana. O sistema político lá é mais estável, a moeda muito mais forte, é uma potência mundial.

    Enfim, achei que o cara que discutiu com o Bastter deu um show nele, fez muito mais sentido as coisas que ele falou do que as mesmas ladainhas que o Bastter sempre fala. Parece até um robô.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo, beleza?

      Se postar algo diferente o Bastter já chega de voadora kkk.

      A minha análise é: Depende.

      O problema da questão do preço é que naturalmente somos programados para realizar pequenos lucros e aguentar grandes perdas ...

      Já acompanhei o trabalho de quem vive de trades, e é muito sério: O cara usa seus setups, usa um software especializado, e não tem choro: Tem stop gain e stop loss, tudo já inserido no HB, para evitar 'achismos'.

      Concordo plenamente com isto aqui: "Vou te falar pra que servem os conselhos do Bastter: sofrer menos ansiedade e não levar uma porrada violenta do mercado. Esqueci da mais importante, que é a gente sempre tentar evoluir."

      Só não podemos ser como as 'Bastterzetes", mas sim saber aproveitar o que de bom ele fala.

      Um grande abraço

      Excluir
  7. O Bastter como economista é um excelente médico. Muitas coisas que ele fala não tem como objetivo nº 1 ganhar dinheiro e sim evitar stress. Imagina quem comprou empresas com bons fundamentos, como Petro e Vale em 2007 e fez buy e hold, sem colocar um stop. Digamos que esta pessoa tivesse um horizonte de 10 anos para resgatar seu capital e colher os frutos do investimento. Teria feito muito melhor negócio investindo no Tesouro Direto, em vez de fazer buy e hold. Então, vale a sabedoria popular: não acredite em tudo o que voce lê na internet.
    A capacidade de pensar ainda é o melhor filtro para o ser humano.

    ResponderExcluir

Obrigado pela presença! Aprovarei rapidamente seu comentário e responderei brevemente! Grande abraço, VDC - Viver de Construção

Pesquisar no Blog ...

Postagens Populares